Buscar

Governo Bolsonaro tem primeira baixa com 'disse me disse'


Reprodução

Em menos de 10 dias, Bolsonaro já teve uma baixa relevante em seu governo, dentro do Itamaraty. O chefe da Agência de Promoção de Exportações e Importações do Brasil (Apex), Alecxandro Carreiro, foi demitido e se recusou a deixar o posto até a ordem ser oficializada pelo Palácio do Planalto.

Segundo informou o Antagonista, o recém demitido é fã de Donald Trump e Olavo de Carvalho, e foi conduzido ao cargo pelas mãos de Eduardo Bolsonaro com aval de Ernesto Araújo, mostrando que o compadrio reina no governo Bolsonaro.

Carreiro, que se tornou piada por presidir uma agência de exportações e importações sem saber se comunicar em inglês e sem experiência na área, foi demitido pelo chanceler Ernesto Araújo na quarta-feira (9). Na quinta-feira ele seguiu trabalhando e disse que não sairia do posto até um posicionamento de Bolsonaro.

O insólito conflito no interior do novo governo só se resolveu ao final do dia, quando o Palácio do Planalto oficializou a demissão de Alecxandro.

A causa do imbróglio teria sido o fato de Araújo anunciar a demissão publicamente nas redes sociais antes de ter consultado Bolsonaro sobre o tema, que tem o poder de nomear ou exonerar as indicações para o comando da Apex, conforme informou a Folha.

Na noite de quinta o embaixador Mario Vilalva foi anunciado como novo presidente da agência.

Fonte: APT de notícias, com informações da Folha

#Bolsofake