Buscar

China inicia disputa na OMC contra tarifas norte-americanas sobre produtos chineses


Xangai, China. Foto: ONU-Habitat/Julius Mwelu

A China pediu a realização de consultas com os Estados Unidos na Organização Mundial do Comércio (OMC) sobre nova rodada de tarifas aplicadas pelos norte-americanos aos produtos chineses. O pedido circulou entre membros da OMC nessa segunda-feira (27).

O pedido de consultas formaliza uma disputa na OMC. As consultas dão às partes a oportunidade de discutir o assunto e encontrar uma solução satisfatória sem prosseguir com o litígio. Após 60 dias, se as consultas não resolverem a disputa, o reclamante poderá solicitar a avaliação de um painel de especialistas.

A China pediu a realização de consultas com os Estados Unidos na Organização Mundial do Comércio (OMC) sobre nova rodada de tarifas aplicadas pelos norte-americanos aos produtos chineses. O pedido circulou entre membros da OMC nesssegunda-feira (27).

O país asiático alega que as tarifas adicionais, aplicadas sobre 16 bilhões de dólares em produtos chineses, são inconsistentes com as provisões estabelecidas pelo acordo geral da OMC sobre tarifas e comércio (GATT), de 1994, por serem aplicadas somente sobre produtos de origem chinesa e superarem as taxas com as quais os EUA se comprometeram sob as regras da organização.

O pedido de consultas formaliza uma disputa na OMC. As consultas dão às partes a oportunidade de discutir o assunto e encontrar uma solução satisfatória sem prosseguir com o litígio. Após 60 dias, se as consultas não resolverem a disputa, o reclamante poderá solicitar a avaliação de um painel de especialistas.

Clique aqui para acessar documento com mais informações (em inglês).

Fonte:ONU

#China #ONU