Buscar

Festas juninas movimentam 87 cidades brasileiras


A temporada oficial das fogueiras, bandeirolas e chapéus de palha está começando e os festejos juninos deverão movimentar milhares de pessoas pelo Brasil. E não faltam opções. Em 2017, o Ministério do Turismo identificou, em seu Calendário Nacional de Eventos, 96 festejos em 87 cidades de 21 estados brasileiros, em todas as regiões do País.

A pasta também destinou R$ 2,8 milhões para promover as festas em 13 municípios de quatro estados: Maracanaú (CE), Mata de São João (BA), Itaberaba (BA), Itatim (BA), Glória (BA), Canudos (BA), Mairi (BA), Capela do Alto Alegre (BA), Correntina (BA), Miranorte (TO), Sitio Novo (TO) Macedônia (SP) e Gavião Peixoto (SP).

Em Maracanaú (CE), cidade de pouco mais de 220 mil habitantes, são recebidas, a cada edição do São João, cerca de 1 milhão de espectadores. Ao longo de 17 dias, são gerados mais de 500 empregos temporários, além dos postos de trabalho indiretos para segurança, apoio das bandas e instalação da cidade junina. O comércio local também é beneficiado com o movimento em lojas de tecidos, restaurantes, hotéis e costureiras por toda a cidade.

O prefeito do município cearense, Firmo Camurça, reforça a importância do São João de Maracanaú para o município: “O evento, que é destaque no calendário turístico do Ceará, resgata e valoriza a cultura tradicional nordestina, além de movimentar o mercado local e gerar renda e milhares de empregos temporários”.

Exterior

Na Europa, o Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur) tem promovido uma série de apresentações das festas de São João do Brasil com intuito de diversificar a oferta turística em outros países.

Em Roma, na Itália, foi registrado o maior público até o momento: 30 mil pessoas. Seguido de Lisboa (Portugal), com mais de 15 mil pessoas, e Madri (Espanha) com cerca de 6 mil.

Fonte: Portal Brasil, com informações do Ministério do Turismo

#Festasjuninas