Buscar

Deputados e senadores tomam posse no Congresso Nacional


A nova composição da Câmara e do Senado tomou posse nesse domingo (1º) no Congresso Nacional, em Brasília.

Ao todo, foram empossados 513 deputados e 27 senadores, já que as eleições de 2014 renovaram apenas um terço dos senadores. Com isso, foi iniciada a nova legislatura, que deverá ter características bem diferentes da anterior.

O senador Renan Calheiros (PMDB/AL) foi reeleito para a Presidência do Senado com 49 votos. Ele exercerá o cargo entre 2015 e 2016.

O PMDB, maior partido da Casa, continua com 19 senadores. O Partido dos Trabalhadores passará de 13 para 12 senadores nesta legislatura.

O PSDB conserva a posição de terceira maior bancada, mas caiu de 12 para dez senadores.

O Democratas voltou a crescer, passando de quatro para cinco senadores na bancada. Outro partido que voltou a crescer foi o PSB, que passa de quatro para sete senadores.

Para contrabalançar, alguns partidos da base aliada também cresceram. É o caso do PDT, que passa de seis para oito senadores, e o PSD, que passa de um para três. PR e PP mantêm quatro e cinco senadores, respectivamente; PRB, PROS, PSOL, PV e Solidariedade permanecem com um senador, cada.

Na Presidência da Câmara, o deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ ) foi eleito com 267 votos.

A renovação dos deputados foi 40%, e o número de partidos com representação na Casa passou de 22 para 28.

Com as votações nos estados, o PT continua tendo a maior bancada na Câmara, com 70 deputados, mas perdeu assentos. O PMDB também teve a bancada reduzida, de 71 para 66 deputados. Entretanto, permanece como o segundo mais representado na Casa. O PSDB aumentou de 44 para 54 deputados o número de parlamentares na Câmara.

Partidos novos, criados depois das eleições de 2010, como Solidariedade, PROS e PEN, elegeram, respectivamente, 15, 11 e dois deputados federais. Entre as pequenas bancadas, também estão incluídos PDT, com 19 parlamentares, e PRB, com 20. Dos eleitos, 198 deputados exercerão mandato pela primeira vez e 25 já tiveram assento no Congresso, e novamente foram eleitos. Nesse grupo, oito ex-deputados tentaram, em 2010, se eleger a outros cargos.

A representação feminina na Câmara teve pequeno aumento e passou de 45 para 51 mulheres com mandato. No entanto, o número ainda representa apenas 10% do total de deputados. No Senado, foram eleitas cinco mulheres: duas se reelegeram e três conquistaram o primeiro mandato.

Foto: Posse dos deputados federais neste domingo (1º) - Divulgação/Agência Brasil

Fonte: Portal Brasil, com informação da Agência Brasil / Rede Mundo

#politica