Buscar

Brasil leva ampla vantagem em confronto contra sul-americanos


Seleção Brasileira tem nove vitórias, dois empates e apenas duas derrotas contra os vizinhos da América do Sul. Jogo contra a Colômbia no Castelão será o primeiro em Copas do Mundo


A Arena Castelão, em Fortaleza, recebe nesta sexta-feira (04.07) um duelo inédito em Copas do Mundo. Brasil e Colômbia, rivais tradicionais em Copa América e Eliminatórias, nunca se enfrentaram em Mundiais. A partida, válida pelas quartas-de-final, será a 14ª da Seleção contra equipes da América do Sul e o time brasileiro leva ampla vantagem no confronto direto contra os vizinhos: em 13 jogos, foram 9 vitórias, duas derrotas e dois empates. O Brasil marcou 32 gols e sofreu 12.


Os chilenos são as principais vítimas da Seleção, com três derrotas e um empate em quatro jogos. Até na igualdade a festa foi do Brasil, já que o confronto do último sábado (28.06), em Belo Horizonte, foi decidido nos pênaltis e o time brasileiro se classificou ao vencer por 3 x 2.


O primeiro duelo contra equipes da América do Sul foi realizado logo na Copa do Mundo inaugural, em 1930, no Uruguai. Com gols de Moderato (2) e Preguinho (2), a Seleção goleou a Bolívia por 4 x 0. O segundo confronto – e também o mais doído – aconteceu 20 anos depois, no Mundial do Brasil, quando o time brasileiro perdeu o jogo decisivo em pleno Maracanã para os uruguaios (2 x 1, de virada).


Jairzinho e Rivelino são os principais artilheiros brasileiros contra os sul-americanos em Mundiais, com três gols cada. Garrincha é um dos vices-goleadores, com dois gols marcados na semifinal de 1962, contra o Chile. A curiosidade dos jogos contra os times da América do Sul é que o Rei Pelé, maior artilheiro da história da Seleção Brasileira com 96 gols, nunca balançou as redes dos vizinhos em Copas.


Jogos contra sul-americanos

1930 – Brasil 4 x 0 Bolívia (Moderato 2, Preguinho 2) 1950 – Brasil 1 x 2 Uruguai (Friaça) 1962 – Brasil 4 x 2 Chile (Garrincha 2, Vavá 2) 1970 – Brasil 4 x 2 Peru (Rivelino, Jairzinho e Tostão 2) 1970 – Brasil 3 x 1 Uruguai (Clodoaldo, Jairzinho e Rivelino) 1974 – Brasil 2 x 1 Argentina (Rivelino e Jairzinho) 1978 – Brasil 3 x 0 Peru (Dirceu 2 e Zico) 1978 – Brasil 0 x 0 Argentina 1982 – Brasil 3 x 1 Argentina (Júnior, Zico e Serginho) 1990 – Brasil 0 x 1 Argentina 1998 - Brasil 4 x 1 Chile (César Sampaio 2 e Ronaldo 2) 2010 – Brasil 3 x 0 Chile (Juan, Luís Fabiano e Robinho) 2014 – Brasil 1 (3) x 1 (2) Chile (David Luiz)


13 jogos 9 vitórias 2 derrotas 2 empates 32 gols a favor 12 gols contra


Retrospecto

Chile: 4 jogos (3 vitórias e um empate) Argentina: 4 jogos (2 vitórias, uma derrota e um empate) Peru: 2 jogos (2 vitórias) Uruguai: 2 jogos (uma vitória e uma derrota) Bolívia: 1 jogo (uma vitória)


Artilheiros

3 gols: Jairzinho e Rivelino 2 gols: Garrincha, Vavá, Ronaldo, Moderato, Tostão, César Sampaio, Zico, Dirceu e Preguinho 1 gol: Luís Fabiano, David Luiz, Clodoaldo, Juan, Robinho, Júnior, Serginho, Friaça,

Fonte: Portal da Copa

#esporte