Para Gleisi e Haddad, só anulação de processo fará justiça a Lula

30-Sep-2019

Pouco depois de o próprio Lula deixar claro que não “aceitará barganhas” vindas daqueles que o levaram ao cárcere numa das maiores farsas jurídicas da história do país, foi a vez de Gleisi Hoffmann e Fernando Haddad questionarem as reais intenções da Operação Lava Jato ao requerer progressão de regime prisional do ex-presidente.

 

Tanto a presidenta do PT quanto o ex-ministro da Educação se encontraram com Lula na condição de seus advogados nesta segunda-feira (30). Em seguida, ambos concederam entrevista coletiva e foram categóricos ao explicarem o que esperam da Justiça. “Nós defendemos que o ex-presidente tenha direito a um julgamento justo com juízes isentos e imparciais. As revelações da Vaza Jato deixaram evidentes aquilo que denunciamos desde o início do processo: este é um julgamento político, que não tem provas, que não tem crime”, reitera Gleisi.

 

Para Haddad, “a força-tarefa não só não fazia diferença entre o julgador e o acusador como operavam estrategicamente com a mesma finalidade (a de prender Lula e tirá-lo da disputa eleitoral de 2018). Essa pendência é que precisa ser resolvida”.

 
Muito além da Vaza Jato

Desde o início do processo do chamado caso tríplex, a defesa de Lula tem apontado as inúmeras irregularidades cometidas por Sérgio Moro em conluio com procuradores da Operação Lava Jato para incriminar o ex-presidente.  Com as revelações publicadas desde o início de junho pelo site The Intercept em parceria com outros veículos, avaliam Gleisi e Haddad, não há mais qualquer dúvida sobre a parcialidade do julgamento.

 

“Nós avaliamos que isso agora está mudando a compreensão do poder judiciário brasileiro, que está retomando as regras da legalidade e nós esperamos que seja feita justiça com o presidente Lula. Não cabe outra solução senão a anulação deste processo e a liberdade dele. Se o sistema quer de fato processá-lo que ao menos seja dentro do marco da legalidade”, explica a presidenta do PT.

 

Haddad completa: “Não há qualquer dúvida sobre a veracidade do que tem sido divulgado sobre a Lava Jato. Todo material foi checado e confirmado e deram legitimidade às denúncias. Tanto que teve até procuradora que pediu desculpas pelo conteúdo. É preciso anular imediatamente o processo contra Lula”.

 

Fonte: Agência PT de Notícias

Please reload

Leia também...
Please reload

Posts Relacionados

© 2020 por Rede Mundo

  • Twitter App Icon
  • Facebook App Icon
  • Google+ App Icon