Audiência Pública destaca benefícios do Projeto Eixo Multimodal Manta-Manaus

23-Apr-2019

A Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam) realizou nesta terça-feira (23), uma Audiência Pública que debateu e tomou providências junto aos Governantes do Brasil e do Equador, visando a implantação do Projeto Eixo Modal Manta-Manaus.  A presente proposição foi fruto de encaminhamento resultante da viagem recém realizada ao Equador pelos deputados Sinésio Campos (PT) e Adjuto Afonso (PDT) acompanhados de empresários, gestores públicos estaduais e municipais, autoridades ligadas ao Brasil e Equador, com o intuito de verificar in loco as possibilidades de do Projeto Manta-Manaus.

 

Segundo o deputado Sinésio Campos, o desenvolvimento deste Projeto aumenta o comercio regional e extra regional, a conectividade e o comercio dentro da região, cria uma rota de carga alternativa entre Ásia e América do Sul (Brasil), promove a abertura do mercado regional, reduzindo o tempo de transporte e os custos, e impulsiona o desenvolvimento do  transporte multimodal.

 

Campos explica que atualmente a mercadoria é transportada por navio ou balsa da Ásia até Manta, depois via rodoviária até Providência, no Equador, seguindo em balsas até Letícia, na Colômbia, de onde parte para o Amazonas via Tabatinga. Segundo levantamento do projeto equatoriano, a rota da Ásia à Manaus pelo Canal do Panamá atualmente dura de 41 a 60 dias, enquanto a rota via Manta- Manaus tem duração de 31 a 35 dias com um custo bem menor, encurtando em 25 dias o trajeto.

 

Para o polo industrial da Zona Franca de Manaus (ZFM), o projeto Manta-Manaus, será de extrema importância, uma vez que a utilização de Manta como base de envio de insumos asiáticos para a região, ou para exportação de produtos acabados reduzirá tanto o tempo de viagem, quanto o custo das mercadorias até os mercados consumidores.

 

Segundos representantes do Equador que se fizeram presentes na Sessão, a rota comercial é de interesse de todo o continente sul-americano, porque vai de fato integrar os povos da região, tornando realidade o acesso do Equador ao Atlântico via rio Amazonas e possibilitando o desenvolvimento sócio-econômico sustentável com trabalho, emprego e renda para todos os envolvidos.

 

“O Brasil está aberto ao oceano Atlântico e a saída para Pacífico pode ser pelo Amazonas, ou seja, o Manta- Manaus é estratégico para a região amazônica da América do Sul, aproximando as regiões Norte e Centro-Oeste do Brasil, bem como o Equador e Peru do Atlântico e o Brasil do Pacífico, compreendendo a importância e urgência de tal projeto para o desenvolvimento da Região Amazônica. A verdade é que o Brasil começa no Norte e não no Sul”, finalizou Sinésio.

 Fonte: Aleam

Please reload

Posts Relacionados
Leia também...
Please reload

© 2020 por Rede Mundo

  • Twitter App Icon
  • Facebook App Icon
  • Google+ App Icon