Vigília lula livre refloresta bairro Santa Cândida

2-Aug-2018

A Vigília Lula Livre, movimento que há 115 dias ocupa os arredores da Superintendência da Polícia Federal de Curitiba, plantou desde sábado (28) mais de 100 árvores no bairro Santa Cândida, onde Lula está preso. A ação, entre outras que estão sendo desenvolvidas, tem como objetivo agradecer moradores da região pela solidariedade e conscientizar os contrários sobre o caráter pacífico do movimento pela libertação de Lula.

 

No sábado, o plantio de 113 árvores marcou o início do trabalho da Brigada de Trabalho Solidário. “A ideia é a gente transformar esse lugar que virou o centro de uma grande injustiça. É a ideia de plantar a semente da democracia, da justiça social. E vamos cultivando nossos valores, lutando pela liberdade do presidente Lula”, afirmou a jovem Priscila Monnerat, uma das brigadistas e integrante do MST.

 

O simbolismo do plantio foi o que motivou a primeira ação de solidariedade no Santa Cândida. “Uma árvore começa pequena e vai crescendo, enraizando, gerando fruto e se reproduzindo. Como cada um de nós irradiando justiça e igualdade”, refletiu Roberto Baggio, coordenador do MST no Paraná.

 

Nesta segunda-feira (30), em passagem pela Vigília para visitar Lula, a monja budista Coen Roshi aproveitou para plantar uma árvore pela liberdade do ex-presidente. “A árvore que plantei chama Prajna Paramita, que significa sabedoria perfeita. Que leva de uma margem à outra. Que todos nós possamos ter a verdadeira sabedoria para entender o que está acontecendo e ter discernimento correto. E Lula livre”, ressaltou.

 

Fonte: Lula.com.br/

Please reload

Posts Relacionados
Leia também...
Please reload

Please reload

© 2020 por Rede Mundo

  • Twitter App Icon
  • Facebook App Icon
  • Google+ App Icon