Sinésio Campos critica arquivamento de denúncia contra Michel Temer

4-Aug-2017

O deputado estadual Sinésio Campos (PT) disse em discurso da tribuna da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), na manhã desta quinta-feira (3), que não conseguia “assimilar o que está acontecendo com o Brasil”, porque, segundo ele, em pouco tempo a presidente Dilma Rousseff (PT) foi cassada, o governador do Amazonas José Melo (PROS) também e, na noite de quarta-feira (2), em votação tumultuada, os deputados federais decidiram arquivar a denúncia contra o presidente Michel Temer (PMDB).

 

“Essa mesma Câmara que cassou Dilma, jogou uma pá de cal na esperança do brasileiro ao arquivar a denúncia contra Michel Temer acusado de corrupção passiva no exercício do mandato e ser investigado a partir das delações premiadas da JBS”, disse Sinésio completando que Temer, hoje, possui 95% de rejeição do povo brasileiro.

 

“Que Câmara é essa?”, perguntou Sinésio, que diante de farta documentação que culminaria com um processo de admissibilidade que levaria o processo a seguir para o Supremo Tribunal Federal (STF), fez vista grossa. “Lá os ministros decidiriam por abrir ou não investigação contra o presidente sem voto Michel Temer, mas o que se viu foi a maioria dos deputados federais votar a favor do relatório da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e mantê-lo no poder”, disse indignado o deputado.

 

“É lamentável o que ocorreu, porque o Poder Legislativo poderia ter dado aos brasileiros na quarta-feira, um gesto de imparcialidade e de que queria realmente ver este país em crescimento, mas ao contrário, atuou de forma vergonhosa”, sentenciou.

 

Fonte: Aleam

Please reload

Leia também...
Please reload

Posts Relacionados

© 2020 por Rede Mundo

  • Twitter App Icon
  • Facebook App Icon
  • Google+ App Icon