Desemprego cai em novembro nas regiões metropolitanas e surpreende pessimistas de plantão

19-Dec-2015

Ao contrário das previsões catastrofistas de setores da mídia, da oposição e do mercado financeiro, a taxa de desemprego nas regiões metropolitanas para o mês de novembro ficou em 7,5%, abaixo dos 7,9% verificado em outubro. O dado da Pesquisa Mensal de Emprego (PME), divulgado nesta quinta-feira (17) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), leva em conta informações coletadas São Paulo, Salvador, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Recife e Belo Horizonte.

 

Para o deputado Vicentinho (PT-SP), a redução do desemprego em pleno mês de novembro é “um bom sinal” emitido pelo mercado de trabalho. “Novembro não é dezembro, quando normalmente temos um aquecimento do mercado de trabalho por conta das vendas de final de ano. Então esse índice (de redução de desemprego) é um bom sinal. Tomara que essa recuperação continue nos próximos meses, para que saíamos definitivamente da crise”, destacou.

 

A redução na taxa de desemprego registrada em novembro causou surpresa. Segundo analistas consultados pela agência de notícias Reuters, as previsões eram de que o índice atingiria 8% no mês.

 

Além da queda do desemprego, também houve espanto em relação ao rendimento médio dos trabalhadores com carteira assinada. No mês de novembro ocorreu aumento de 0,8% em relação a outubro, e atingiu R$ 2.019,60.

 

Na analise por atividade econômica, o rendimento também cresceu em algumas áreas. No setor de educação, saúde e administração pública houve crescimento de 1,6%. Nas atividades de comércio e de serviços domésticos o índice se manteve estável.

 

Fonte: PT no Senado - por Héber Carvalho/ Foto: Rafael Neddermeyer/Fotos Públicas

Please reload

Leia também...
Please reload

Posts Relacionados

© 2020 por Rede Mundo

  • Twitter App Icon
  • Facebook App Icon
  • Google+ App Icon