Vanuatu tenta resolver problemas na distribuição de ajuda humanitária

18-Mar-2015

 

O governo de Vanuatu e agências humanitárias tentam hoje (18) fazer chegar a ajuda às ilhas mais remotas do país, após a passagem do Ciclone Pam na semana passada, que causou pelo menos 11 mortos, informa a imprensa local.

 

O ciclone, de categoria 5, que causou uma das piores catástrofes no Pacífico Sul, levou 70% da população a deixar suas casas, danificou consideravelmente as telecomunicações, o abastecimento de energia e de água potável.

 

O governo foi criticado depois de ter assumido o controle da distribuição de ajuda aos afetados. A ajuda não chegou aos habitantes das ilhas do Norte do arquipélago, as primeiras atingidas pelo ciclone, segundo a Radio New Zealand.

 

Os residentes na Ilha de Moso disseram à BBC que estão à espera de assistência e que alguns já se viram obrigados a beber água do mar.

 

Agências como o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) e a World Vision defenderam a decisão do governo de assumir o controle da distribuição. Para essas agências, uma avaliação adequada é fundamental para que a ajuda chegue aos mais necessitados.

 

Agência Brasil

Please reload

Posts Relacionados
Leia também...
Please reload

Please reload

© 2019 por Rede Mundo

  • Twitter App Icon
  • Facebook App Icon
  • Google+ App Icon