Dia Internacional dos Povos Indígenas é celebrado neste sábado (9)

9-Aug-2014

Neste dia 9 de agosto, o mundo celebra o Dia Internacional dos Povos Indígenas, instituído pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco). Comemorada há 15 anos, a data, criada com o empenho e a participação de indígenas de várias partes do mundo, é fruto de uma conquista para a visibilidade internacional necessária para a defesa da integridade física e cultural que circundam esses povos.

 

Em mensagem por ocasião do Dia em 2014, a Diretora-Geral da Unesco Irina Bokova lembra que a data é uma oportunidade para que todos se mobilizem para acabar com as desigualdades que ainda existem na realização efetiva dos direitos dos povos indígenas. "Esta questão é fundamental hoje e no futuro, com vistas à configuração da agenda para o desenvolvimento pós-2015", afirma Bokova.

 

Segundo o Censo Demográfico realizado pelo IBGE em 2010, o Brasil possui 305 diferentes etnias, totalizando 274 línguas indígenas. A atual população indígena brasileira, ainda segundo o Censo, é de 817.963 indígenas, dos quais 502.783 (61%) vivem na zona rural e 315.180 (39%) habitam as zonas urbanas brasileiras. Este levantamento revelou que em todos os Estados da Federação, inclusive do Distrito Federal, há populações indígenas. A Funai também registra 69 referências de índios ainda não contatados, além de existirem grupos que estão requerendo o reconhecimento de sua condição indígena junto ao órgão federal indigenista.

 

Com relação às 274 línguas faladas, o censo demonstrou que cerca de 17,5% da população indígena não fala a língua portuguesa.

 

Avanços

No Brasil, a institucionalização do Dia Internacional dos Povos Indígenas tem contribuído para mudanças no reconhecimento de direitos desses povos. Nos últimos anos o acesso de povos indígenas à educação, inclusive à educação diferenciada é um dos avanços que vem sendo obtidos nos últimos anos.

 

'Ashaninka - O Poder da Beleza

Em celebração à data, o Museu do Índio, em parceria com a Unesco no Brasil realiza no Rio de Janeiro (RJ), a partir deste sábado (9), a exposição 'Ashaninka - O Poder da Beleza'. A mostra ocorre no Espaço Museu das Aldeias/Museu do Índio, em Botafogo. A quarta edição do Programa Índio é dedicada aos Ashaninka, povo que habita a região de fronteira entre o Brasil e o Peru no estado do Acre (AC).

 

A exposição 'Ashaninka, O Poder da Beleza' revela, a partir de mitos, fotos e objetos de uso ritual e cotidiano, os dois grandes eixos a partir dos quais gira a cosmovisão do povo Ashaninka: a procura pela imortalidade e a fragilidade do amor.

 

Além da exposição, nos dias 9 e 10 de agosto, sábado e domingo, sempre às 16 horas, o público terá a oportunidade de conversar com os próprios Ashaninka, que estarão no Museu do Índio para falar sobre suas tradições e seu modo de vida nas aldeias.

 

Fonte: Portal Brasil com informações da Fundação Nacional do Índio e da Universidade de Brasília

 

Please reload

Leia também...
Please reload

Posts Relacionados

© 2020 por Rede Mundo

  • Twitter App Icon
  • Facebook App Icon
  • Google+ App Icon