Brasileiros partem para a disputa do Mundial Sub-21

23-Jul-2014

Competição começa nesta quarta (23), no Chipre, com quatro duplas brasileiras. Brasil brilhou quatro vezes com os homens e seis vezes com as mulheres

 

Quatro duplas brasileiras começam a caminhada em busca de um sonho nesta quarta-feira (23), na cidade de Lárnaca, no Chipre. Eduardo Davi/Léo Morais e André Loyola/Vinícius Rezende, no masculino; e Duda/Tainá e Andressa/Roberta Glatt, no feminino, representam o Brasil na 14ª edição do Campeonato Mundial Sub-21.

 

E os objetivos já foram definidos desde o começo da temporada. Entre os homens, o Brasil busca o bicampeonato e o quinto título de sua história no torneio. Na temporada passada, Allison e Guto foram campeões derrotando os canadenses O'Gorman e Nusbaum na Croácia. No feminino, as representantes do País tentarão encerrar um jejum de sete anos: o último título veio em 2007, com Lili e Bárbara Seixas.

Treinamentos

 

A preparação começou no início da temporada, em março, com treinamentos no Centro de Desenvolvimento do Voleibol, em Saquarema. Além disso, as duplas femininas chegam com experiência na bagagem. Apenas Andressa será estreante no torneio, já que as outras três atletas disputaram a edição de 2013. E aos 15 anos, a “experiente” Duda comenta a empolgação para mais um torneio pelo Brasil.

 

Duda e Tainá, que são treinadas pela ex-atleta Cida, mãe de Duda, começam na fase de grupos, enquanto Andressa e Roberta Glatt disputarão o torneio qualifying nesta quarta-feira (23). No masculino, André Loyola e Vinícius Rezende começam na etapa principal, enquanto Eduardo Davi e Léo Morais também disputam o qualifying.

 

O masculino terá uma nova geração em busca do bicampeonato. O Mundial Sub-21 será uma novidade para os quatro atletas brasileiros. Contudo, eles chegam com moral após um bom início de temporada no calendário nacional. Eduardo Davi venceu as duas primeiras etapas do Circuito Banco do Brasil Sub-21, ao lado do parceiro Arthur Lanci. E a preparação também é motivo de confiança aos brasileiros.

 

O primeiro título do País na competição veio com Pedro Cunha/Anselmo e Shaylyn/Maria Clara, na primeira edição da competição, em 2001, na França. Ainda fazem parte desta seleta lista as parcerias campeãs pelo Brasil Juliana/Taiana (2002), Pedro Cunha/Pedro Solberg (2003), Taiana/Carol (2004), Carol/Camillinha (2005), Bruno Schmidt/Pedro Solberg (2006), Carol/Bárbara Seixas (2006) e Lili/Bárbara Seixas (2007).

 

Confira os campeões mundiais sub-21:

Masculino

2001 - França - Pedro Cunha/Anselmo (BRA)

2002 - Itália - Pablo Herrera/Raul Mesa (ESP)

2003 - França - Pedro Cunha/Pedro Solberg (BRA)

2004 - Portugal - Angel Amo/Inocencio Lario (ESP)

2005 - Brasil - Plavins/Samoilovs (LET)

2006 - Polônia - Bruno Schmidt/Pedro Solberg (BRA)

2007 - Itália - Giontella/Nicolai (ITA)

2008 - Inglaterra - Giontella/Nicolai (ITA)

2009 - Inglaterra - Kadziola/Szalankiewicz (POL)

2010 - Alanya - Garrett May/Sam Schachter (CAN)

2011 - Canadá - Popov/Samoday (UCR)

2012 - Canadá - Kantor/Losiak (POL)

2013 – Croácia – Allison/Guto (BRA)

 

Feminino

2001 - França - Shaylyn/Maria Clara (BRA)

2002 - Itália - Juliana/Taiana (BRA)

2003 - França - Morozova/Shiryaeva (RUS)

2004 - Portugal - Taiana/Carol (BRA)

2005 - Brasil - Carol/Camillinha (BRA)

2006 - Polônia - Carol/Bárbara Seixas (BRA)

2007 - Itália - Lili/Bárbara Seixas (BRA)

2008 - Inglaterra - Van Iersel/Remmers (HOL)

2009 - Inglaterra - Brzostek/Kolosinka (POL)

2010 - Alanya - Roenicke/Ross (EUA)

2011 - Canadá - Betchart/Heidrich (SUI)

2012 - Canadá - Betschart/Verge-Depre (SUI)

2013 – Croácia – Kociolek/Gruszczynska (POL)

 

Fonte:Portal Brasil, com informações do  Brasil 2016     /    Rede Mundo

Please reload

Posts Relacionados
Leia também...
Please reload

Please reload

© 2019 por Rede Mundo

  • Twitter App Icon
  • Facebook App Icon
  • Google+ App Icon