Com 4,5 mil alunos, Liceu de Artes é referência para cultura e capacitação profissional em Parintins

29-Jun-2014

O governador José Melo destacou, durante a segunda noite de apresentações do 49º Festival Folclórico de Parintins, neste sábado (28), a importância do Centro Cultural e Liceu de Artes e Ofícios Cláudio Santoro, que funciona no Bumbódromo do município, para formação de uma nova geração de artistas e também como oportunidade de capacitação para jovens e adultos de Parintins e municípios próximos.

 

“Atualmente cerca de 4,5 mil jovens estudam aqui e não há somente a questão cultural, mas  também o Cetam (Centro de Educação Tecnológica do Amazonas) está aqui fazendo cursos profissionalizantes. Assim, o Bumbódromo não é só o templo da cultura do nosso povo, mas agora é o local onde muitos jovens poderão ter a oportunidade de, com os cursos, entrar no mercado de trabalho. Então esse é um aproveitamento do Bumbódromo durante todo ano”, afirmou.

 

O Centro Cultural e Liceu de Artes e Ofícios Claudio Santoro já registrou a marca de quase 70 mil pessoas que passaram por um dos 50 cursos ou participaram das dezenas de opções de programação gratuita oferecidas diariamente nos espaços culturais.

 

Inaugurado em setembro do ano passado, o complexo oferece, além dos cursos de artes e de qualificação profissional, coordenados pela Secretaria de Estado da Cultura e pelo Cetam, atividades e espaços culturais, como uma sala de cinema, abertos ao público local e também aos turistas que visitam Parintins durante o ano inteiro.

 

Todos os seis andares do novo Bumbódromo foram ocupados por salas de aulas e espaços culturais. O complexo, administrado pela Secretaria de Cultura, fica aberto seis dias da semana (exceção de segunda-feira), inclusive sábados e domingos, com atividades de 8h da manhã às 21h, nos dias de semana e até às 20h aos domingos. O projeto é responsável pela criação e manutenção de 200 empregos diretos.

 

Cursos - Na área cultural, o espaço no Sambódromo oferece 20 cursos livres gratuitos, distribuídos em cinco núcleos – Artes Visuais, Audiovisual, Teatro, Dança e Música Popular – para um público alvo a partir dos quatro anos de idade.

 

Há ainda os Cursos Especiais para pessoas com deficiência e também para idosos. Atualmente, são atendidos 65 alunos com deficiências em dois cursos – Coral em Libras e Percussão para Surdos – direcionados especialmente para este público.Porém, há vagas também para pessoas com deficiência nos demais cursos, dentre os quais violão, pintura, teclado e flautas.

 

Nos dias de sexta, sábado e domingo são oferecidos cursos de Capacitação de multiplicadores para professores de artes de Parintins e de outros municípios vizinhos – Nhamundá, Maués, Boa Vista do Ramos e Barreirinhas. Estão sendo oferecidas 1.440 vagas nas modalidades de teatro, dança, música, artes visuais e audiovisuais. No complexo ainda funciona o Programa Bombeiro Mirim (Probom), que atende 150 crianças e adolescentes em situação de risco social e em conflito com a Lei, com aulas de Primeiros Socorros e Cidadania.

 

O Cetam também oferece no complexo cerca de 28 cursos profissionalizantes, todos gratuitos, através do programa Oportunidade & Renda. Entre as opções oferecidas estão os cursos de Informática, Culinária, Artesanato e de Estética.

 

Valorização da cultura- Sobre o Festival de Parintins, o governador José Melo destacou a capacidade de criação dos artistas e ressaltou que a festa dos bumbás colabora para manter a cultura amazônica. “Cada apresentação é diferente, aqui os artistas são uma verdadeira usina de criação e o nosso Governo vem há um tempo trabalhando de maneira forte a  cultura”, afirmou.

 

 

AGECOM   /   Rede Mundo

Please reload

Leia também...
Please reload

Posts Relacionados

© 2020 por Rede Mundo

  • Twitter App Icon
  • Facebook App Icon
  • Google+ App Icon