Buscar

Sinésio se manifesta sobre reação de Roberto Jefferson contra a Polícia Federal para evitar a prisão


Foto: Divulgação Assessoria

O deputado estadual Sinésio Campos (PT), durante o seu discurso desta quarta-feira (26), na tribuna da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam), se manifestou contra a reação do ex-deputado Roberto Jefferson (PTB) após jogar três granadas e atirar com fuzil em agentes da Polícia Federal (PF) que cumpriam o mandado de prisão contra ele, domingo, no interior do Rio de Janeiro.

O deputado estadual Sinésio Campos afirmou que não poderia ficar calado diante desse episódio, que fere a democracia. ”Os agentes estavam exercendo o seu papel como trabalhadores e foram recebidos à base de bala e granada. Fica aqui a minha solidariedade ao Supremo Tribunal Federal (STF), à ministra Cármen Lúcia, bem como sua atitude diante dos policiais federais. Em defesa da democracia eu jamais poderia ficar omisso diante desse fato”.

O parlamentar destacou que Jefferson é adepto da cultura da violência disseminada por bolsonaristas mais radicais. “Uma atitude antidemocrática, de repulsa de todos nós. Esse quadro merece nossa atenção para que a intolerância política, no Brasil, não fique mais grave”.

Entenda o caso

O ex-deputado federal Roberto Jefferson atirou em policiais federais que cumpriam mandado de prisão contra ele, no interior do Rio de Janeiro. Sua prisão foi determinada pelo ministro Alexandre de Moraes, do STF, após Jefferson desobedecer medidas da prisão domiciliar.

Fonte: Alepa