Buscar

Sinésio Campos destina recursos à cultura que serão utilizados para confecção de mascaras


O deputado Sinésio Campos (PT) destinou Emenda Parlamentar no valor de R$ 50 mil para atividades culturais de escolas de samba de Manaus que serão utilizados para a confecção de máscaras de proteção que serão distribuídas nas comunidades adjacentes da cidade. “Os recursos deveriam ser empreendidos em atividades carnavalescas, mas diante da suspensão da folia, em decorrência da pandemia de Covid-19, a Comissão Executiva das Escolas de Samba de Manaus (Ceesma) resolveu dar nova utilidade para prevenir infecções e salvar vidas”, explicou.


A Comissão Executiva das Escolas de Samba de Manaus, por meio de parceria com o Governo do Estado e a Secretaria de Estado de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania, informou que serão confeccionadas máscaras de proteção para distribuição nas escolas de samba do grupo especial do carnaval e comunidades adjacentes de Manaus. A produção deste item de segurança será viabilizada com recursos, aprovados por meio de emenda do deputado, no valor de R$ 50 mil.


O parlamentar reafirmou que sempre foi um apreciador e defensor da cultura do carnaval, mas entende que diante da inviabilidade de festas, os recursos, além de proteger o povo contra a doença que assola o Estado e ao País, vão contribuir para gerar emprego e renda.

“Sabemos que as escolas do grupo especial do carnaval de Manaus desenvolvem funções sociais, muitas vezes não reconhecidas pela sociedade. São responsáveis pela criação de empregos diretos e indiretos, movimentando a economia durante a realização do carnaval. E, esses recursos vão garantir dignidade a centenas de trabalhadores”, afirmou.


O parlamentar ressalta outras ações em prol da cultura como o repasse à Federação Amazonense de Bandas e Fanfarras (Fambaf) de recursos da ordem de R$ 300 mil em atendimento a Emenda Parlamentar nº 015/2020 de sua autoria. Os recursos foram repassados por meio de termo de convênio firmado entre o Estado do Amazonas, via Secretaria de Estado de Educação e Desporto (Seduc), celebrados em setembro de 2020. Ele teve por objetivo o repasse dos valores destinados à contratação de instrutores, fomento das atividades pedagógicas e festivais da Fambaf, no município de Manaus.


Sinésio Campos destacou ainda a realização da Banda do Gigante, da Zona Leste de Manaus, que este ano não será realizada na segunda-feira de Carnaval, em decorrência da Pandemia de Covid-19. Para evitar aglomerações e o risco de contaminação. A Banda reúne uma média de 40 mil pessoas da zona leste e de outros pontos de Manaus. Além dos foliões, a banda tem a integração de famílias que residem nas proximidades do evento. “Os moradores abrem suas casas e vem para a rua participar da folia. São adultos, crianças e até a terceira idade. O clima é de puro Carnaval, mas mantemos o espírito familiar que nos acompanha nesses 20 anos. A banda também propicia oportunidade de trabalho e renda para centenas de trabalhadores ambulantes que montam as barracas durante a realização do evento”, destacou.


Fonte: Aleam