Buscar

Haddad: “As Forças Armadas estariam prestigiadas no seu devido lugar”


Em suas redes sociais, Haddad respondeu à provocação de Bolsonaro que questionou sobre “como estariam as Forças Armadas com o Haddad no meu lugar?”. Para a presidente do PT, Gleisi Hoffmann, “acuado por sua incompetência em proteger o povo, Bolsonaro volta às bravatas ideológicas e flerta com o autoritarismo” “As Forças Armadas estariam prestigiadas no seu devido lugar”, respondeu Fernando Haddad à provocação de Bolsonaro nesta segunda-feira. Em conversa no cercadinho do Palácio do Planalto, Bolsonaro questionou sobre “como estariam as Forças Armadas com o Haddad no meu lugar?”.

Para a presidenta do PT, deputada federal Gleisi Hoffmann (PR), “vivemos numa democracia e ameaças devem ser refutadas veementemente”. Segundo Gleisi, “acuado por sua incompetência em proteger o povo, Bolsonaro volta às bravatas ideológicas e flerta com o autoritarismo”, advertiu Gleisi.

“Quem decide se o povo vai viver em uma democracia ou ditadura são as suas Forças Armadas. Não tem ditadura onde as Forças Armadas não a apoiam”, disse Bolsonaro. “As Forças Armadas não decidem sobre nossa democracia, elas são subordinadas ao Presidente da República e à Constituição”, afirmou Gleisi.

“É sempre assim: quando não sabe mais quem atacar, Bolsonaro agride a Democracia”, afirmou o senador Humberto Costa (PT-PE) em suas redes sociais, defendendo o impeachment de Bolsonaro. Para o líder do PT na Câmara dos Deputados, Enio Verri (PR), as FFAA estariam em melhor situação, “ao contrário de agora, que são humilhadas e envergonhadas por um tenente desorientado e perverso”.


Fonte: Agência PT