Buscar

Daniel Zen critica dec. que estipula regras rígidas para pagamento do VDP a servidores da Educação


O líder do PT na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), deputado Daniel Zen, falou durante sessão virtual realizada na manhã desta quarta-feira (25) sobre o pagamento do prêmio Valorização Pelo Desempenho (VDP), que é feito aos profissionais da Educação. O parlamentar alega que devido a um decreto do governador, professores que possuem contratos temporários ficarão sem receber o benefício.

“O VDP, que foi criando durante o governo da Frente Popular, é uma valorização pelo desempenho dos profissionais de escolas que alcançam boas notas nos indicadores do IDEB e IDEA. Esse ano houve um decreto publicando os critérios para que os profissionais possam receber seu prêmio. Ele diz que para fazer jus, os professores teriam que ter o contrato ativo, excluindo os que possuem contrato temporário. Isso deixa de fora uma quantidade significativa de educadores”, explicou.

Daniel Zen pediu que o governador Gladson Cameli (PP) observe com cuidado as regras que foram impostas no decreto, para que assim os cerca de 300 professores que possuem contratos temporários não fiquem sem receber o prêmio.

Andressa Oliveira/ Agência Aleac