top of page
Buscar

Confira os candidatos a governador nos estados da Região Norte


Foto: (Arte - Crédito: Agência Brasil)

A Justiça Eleitoral recebeu pelo menos 28 mil registros de candidaturas para as eleições de outubro. A campanha começou oficialmente na terça-feira (16).


Foram recebidos 12 registros de candidaturas à Presidência e 12 a Vice-Presidência; 223 para governador e vice-governador, 231 para senador, 10.238 para deputado federal, 16.161 para deputado estadual e 591 para deputado distrital.


Pela legislação eleitoral, os candidatos estão autorizados a fazer caminhadas, carreatas com carro de som e a distribuir material de campanha até as 22h. A campanha vai até 1º de outubro, um dia antes do primeiro turno.


Confira os candidatos a governador nos estados da Região Norte:


AC - Acre


David Hall (Agir)

35 anos, professor de filosofia no Instituto Federal do Acre (Ifac) e na rede pública estadual, vai concorrer pela segunda vez ao cargo de governador. Em 2020, disputou uma vaga de vereador. A empresária Jorgiene da Silva Carneiro (Agir), 49 anos, será candidata a vice-governadora.


Gladson Cameli (Progressistas)

44 anos, atual governador, Cameli é engenheiro civil e empresário. Natural de Cruzeiro do Sul (AC), o candidato já ocupou os cargos de deputado federal e senador. Ele é sobrinho do ex-governador Orleir Cameli, que morreu em 2013. A vice na chapa será a senadora Mailza Gomes (Progressistas), 45 anos.


Jorge Viana (PT)

62 anos, ex-senador, é natural de Rio Branco. Engenheiro florestal, já comandou a Prefeitura de Rio Branco em duas ocasiões. Também foi governador do estado duas vezes. O vice na chapa é o ex-prefeito de Rio Branco, Marcus Alexandre (PT), 45 anos.


Mara Rocha (MDB)

48 anos, natural de Rio Branco, atualmente ocupa o cargo de deputada federal. Ela também é jornalista e empresária e está concorrendo pela segunda vez a um cargo público. O pecuarista de 53 anos Fernando Zamora (PRTB) será o vice na chapa.


Marcio Bittar (União Brasil)

59 anos, atualmente ocupando uma vaga no Senado, Bittar nasceu em Franca (SP). Ele é formado em história e agropecuarista. Já foi eleito deputado estadual e deputado federal. Em 2004, disputou a prefeitura de Rio Branco, mas não se elegeu. A vice será a médica Georgia Cristina Micheletti (União Brasil), 45 anos.


Petecão (PSD)

Sérgio de Oliveira Cunha, 62 anos, atualmente ocupa uma vaga no Senado, é natural de Rio Branco (AC). Já foi deputado estadual por três mandatos consecutivos e também deputado federal. Além de político, ele é empresário e técnico em contabilidade. O vice será Tota Filho (PSD), advogado, 45 anos.


Professor Nilson (PSOL)

Nilson Euclides da Silva, 58 anos, professor da Universidade Federal do Acre (Ufac), é graduado em ciências sociais pela Universidade Federal do Acre, com mestrado e doutorado em ciências sociais pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Euclides vai disputar uma eleição para cargo majoritário pela primeira vez. A gestora hospitalar Jane Rosas, 46 anos, do PSOL, será a candidata a vice.


RO - Rondônia


Comendador Val Queiroz (Agir)

Valclei Queiroz da Silva, 45 anos, natural de Porto Velho (RO), é formado em técnicas agrícolas e tem conhecimento em eletrotécnica. Queiroz disputou o governo no estado em 2018, mas não obteve sucesso. É presidente estadual do Agir. Já foi garimpeiro e atualmente é empresário do ramo de mineração. A policial militar Milene Cristiane da Silva Barreto (PROS), 36 anos, será a vice.

Coronel Marcos Rocha (União Brasil) 54 anos, vai tentar a reeleição. Natural do Rio de Janeiro (RJ), ele é formado em análise de sistema de dados, administração de negócios, e pós-graduado em educação e técnicas de ensino. Rocha também já foi secretário de Justiça de Rondônia. O administrador Sérgio Gonçalves (União Brasil), 48 anos, será o vice.

Daniel Pereira (Solidariedade) 57 anos, formado em direito e com atuação na área acadêmica, já foi vereador em Cerejeiras (RO) e deputado estadual por dois mandatos. Em 2014, ele foi eleito como vice-governador do estado e permaneceu no posto até 2018. O agricultor Anselmo de Jesus (PT), 69 anos, será o candidato a vice-governador.

Ivo Cassol (PP) 63 anos, natural de Concórdia (SC), já ocupou os cargos de prefeito de Rolim de Moura (RO) por duas vezes. Também foi eleito governador do estado, em 2010. Ele renunciou para disputar o Senado, ficando no cargo até 2019. O vice na chapa será o empresário José Genaro (PP), 72 anos.

Léo Moraes (Podemos) 38 anos, natural de Foz do Iguaçu (PR), Moraes é bacharel em Direito e tem mestrado em administração pública. Já atuou na procuradoria geral do município de Porto Velho. Exerceu o cargo de vereador da capital, Rondônia. Atualmente ele é deputado federal.O policial militar Coronel Rildo, 54 anos, do PSD, é o candidato a vice.

Marcos Rogério (PL) 44 anos, atualmente ocupando o cargo de senador, é natural de Ji-Paraná (RO). Já exerceu o cargo de deputado federal. Bacharel em Direito, tem mestrado em administração pública. A vice na chapa é a médica Flávia Lenzi, 56 anos, do mesmo partido.

Pimenta de Rondônia (PSOL) 57 anos, cujo nome é Nascimento Antônio da Silva, nasceu em Cidade Gaúcha (PR). Trabalha como comerciante e possui o ensino médio completo. Em 2018, Pimenta concorreu na eleição majoritária ao cargo de governador e em 2020 se candidatou à prefeitura de Porto Velho. A turismóloga socioambiental, Michele Tolentino será a vice na chapa, 42 anos.


RR - Roraima


Antonio Denarium (PP) 58 anos, é candidato à reeleição. Antes de tomar posse como governador em 2019, foi interventor federal em dezembro de 2018, quando a então governadora Suely Campos foi afastada do cargo. Natural de Anápolis (GO), é empresário do ramo de agronegócio e também atua no setor imobiliário. A chapa tem como vice o engenheiro Edilson Damião (Republicanos), 44 anos.

Fábio Almeida (PSOL) 47 anos, é professor de história e jornalista que atua com comunicação popular, Almeida é natural de João Pessoa (PB). Já ocupou o cargo de secretário de Saúde do município do Cantá, de presidente do Conselho de Secretários Municipais de Saúde de Roraima e de diretor do Conselho Nacional dos Secretários Municipais de Saúde. O agricultor Francisco Alcântara Sevino (PSOL), 49 anos, será o candidato a vice-governador pela chapa.

Juraci Escurinho (PDT) 50 anos, é empresário do ramo de terraplanagem. É casado, tem duas filhas e um neto. Já foi vereador no município de Caroebe, no Sul de Roraima. Esta é a primeira vez que ele concorre ao cargo. Lia Raquel (PDT), psicóloga, 30 anos, é a candidata a vice.

Rudson Leite (PV) 59 anos, formado em administração, é natural de Boa Vista. Atualmente é suplente de senador. Também já disputou duas vezes para o cargo de deputado estadual e uma vez para o cargo de deputado federal. Em 2012 foi candidato a vice-prefeito. Cristina Burger (PV), 43 anos, será a vice.

Teresa Surita (MDB)

66 anos, ex-prefeita de Boa Vista, é formada em Turismo. Casada, ela tem duas filhas. Já foi deputada federal por Roraima por duas vezes. Esta vai ser a segunda vez que disputa o cargo de governadora do estado. O deputado federal Edio Lopes (PL), 70 anos, será o vice.


AM - Amazonas


Amazonino Mendes (Cidadania) 82 anos, nascido em Eirunepé (AM), é formado em Direito pela Universidade Federal do Amazonas (UFAM). Já foi governador do estado por quatro mandatos e prefeito de Manaus em três ocasiões. Ele também já ocupou uma cadeira no Senado. O vice será Humberto Michiles (PSDB), 69 anos, suplente de deputado federal.

Carol Braz (PDT) 42 anos, natural de Manaus, é defensora pública e ex-secretária de estado de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania. Formada em direito pela UFAM. Já foi escrivã de Polícia e é ex-juíza. O engenheiro Cláudio Machado (PDT), 43 anos, será o vice.

Dr. Israel Tuyuka (PSOL) 49 anos, nascido em São Gabriel da Cachoeira, o indígena Israel Tuyuka é médico e professor. Ele também possui mestrado em geografia humana pela Universidade de São Paulo (USP), ciências sociais, pela Pontifícia Universidade Católica (PUC-SP). Esta será a primeira vez que ele disputa a vaga para governador, antes já havia concorrido ao cargo de vice-prefeito de São Gabriel da Cachoeira. O locutor e comentarista Thomaz Barbosa, 55 anos, do mesmo partido, é o candidato a vice.

Eduardo Braga (MDB) 61 anos, atualmente exercendo o cargo de senador pelo segundo mandato consecutivo, já foi governador do Amazonas em duas ocasiões e prefeito de Manaus. Também foi eleito deputado estadual e deputado federal. O candidato foi ainda titular do Ministério de Minas e Energia. Ele terá como vice a Secretária Nacional de Mulheres do PT, Anne Moura.

Henrique Oliveira (Podemos) 61 anos, natural de Santa Catarina, é formado em economia e engenharia. Já foi eleito vereador de Manaus e também a uma vaga na Câmara dos Deputados. Já foi vice-governador do Amazonas na chapa encabeçada pelo ex-governador José Melo. A vice será a deputada estadual Vera Castelo Branco (PTB), 71 anos.

Nair Blair (Agir) 51 anos, empresária, nasceu em Manaus. Ela vai disputar pela primeira vez o governo do Amazonas. Em 2018, foi candidata a deputada distrital, no Distrito Federal (DF). A vice será Rita Nobre (Agir), 51 anos, odontóloga.


AP - Amapá


Clécio Luís (Solidariedade) 50 anos, natural de Belém (PA), é formado em geografia e professor do ensino médio. Já foi vereador e prefeito de Macapá, em dois mandatos. Também foi secretário de Educação do estado. Esta será a primeira vez que concorre ao executivo estadual. O vice na chapa será o servidor público federal e suplente a senador, Antônio Teles Júnior (PDT), 39 anos.

Gesiel Oliveira (PRTB) 44 anos, natural de Macapá, é oficial de justiça do Tribunal de Justiça do Amapá. Também atua como pastor evangélico, professor de teologia, de direito penal e de processo penal. Ele é teólogo e pós-graduado em docência e ensino superior. A vice escolhida é Ális Vanzeler, policial militar, 42 anos.


Gianfranco Gusmão (PSTU) 49 anos, natural de Macapá, é professor de geografia há mais de 20 anos na rede pública estadual. Também foi diretor de formação política e sindical do Sindicato dos Servidores Públicos do Amapá (Sinsepeap). Já disputou o governo em 2018 e a prefeito de Macapá em 2020. A vice é a técnica de enfermagem Ana Paula (PSTU), 30 anos.

Gilvam Borges (MDB) 64 anos, sociólogo e empresário, Borges já foi deputado federal e senador por dois mandatos, de 1995 a 2005. Natural de Brasília, o candidato também concorreu à Prefeitura de Macapá, em 2016, sendo o segundo mais votado. O escolhido para concorrer como vice foi o advogado Angelo Ferreira (PROS), 47 anos.

Jaime Nunes (PSD) 63 anos, atual vice-governador, é de Macapá, e atua como empresário. É bacharel em Direito e bacharel em Direito e foi presidente do SEBRAE-AP. Ele terá como vice na chapa a médica Liliane Albuquerque (PTB), 48 anos.

Jairo Palheta (PCO) 43 anos, é agricultor e coordenador do Movimento de Agricultores Familiares Sem Terra no Amapá. Já foi candidato a vice-prefeito de Macapá e a deputado estadual. Esta é primeira vez que ele concorre à chefia do Executivo estadual. A vice é a agricultora Eliana Brandão (PCO), 30 anos.


PA - Pará


Adolfo Oliveira (PSOL) 37 anos, geógrafo e professor da Universidade Federal do Pará (UFPA), é também formado em Pedagogia pela Universidade do Estado do Pará (UEPA) e tem pós-doutorado em Geografia pela Cardiff University, de Londres. Possui atuação no movimento sindical na UFPA. A cabeleireira e barbeira Vera Rodrigues, 39 anos, também do PSOL, será candidata a vice.

Cleber Rabelo (PSTU) 49 anos, maranhense do município de Bacuri, Rabelo é operário do setor da construção civil e dirigente sindical. Ele já concorreu três vezes ao cargo de prefeito de Belém e também ao governo estadual. Em 2012, foi eleito vereador por Belém. A candidata à vice-governadora é a professora Benedita do Amaral (PSTU), 67 anos.

Dr. Felipe (PRTB) Felipe Augusto Borges, 37 anos, é médico cardiologista e produtor rural. É natural do município de Xinguara, no sul do Pará. Esta vai ser sua primeira disputa eleitoral. O vice será Fernando Dourado, 50 anos, que foi atleta profissional e é técnico em desportos, do mesmo partido.

Helder (MDB) Helder Barbalho, 43 anos, atual governador do Pará, tenta a reeleição. Formado em administração e pós-graduado com MBA executivo em gestão pública, ele já foi ministro-chefe da Secretaria Nacional dos Portos no e da Integração Nacional. Também, foi vereador e prefeito da cidade de Ananindeua (PA), deputado estadual. A candidata a vice é a servidora pública estadual, 54 anos, Hana Ghassan (MDB).

Major Marcony (Solidariedade) 51 anos, natural de Belém, é militar da reserva do Exército e também empresário do segmento da segurança pública. Atual presidente do partido no Estado do Pará, ele concorre ao cargo de governador pela primeira vez. O vice na chapa é o administrador

Nilo Noronha, 59 anos, do Solidariedade.

Paulo Roseira (AGIR) 63 anos, natural de Belém, Paulo Roseira é engenheiro por formação. Casado, esta é a primeira vez que concorre a um cargo eletivo. Seu vice é o advogado Murilo Monteiro, 39 anos, do mesmo partido.

Zequinha Marinho (PL) 62 anos, senador pelo Pará, Marinho já ocupou o cargo de vice-governador, de 2015 a 2019. Também foi deputado estadual e federal. Formado em pedagogia, ele tem pós-graduação em Administração Pública. A candidata dele à vice é a servidora pública municipal Rosiany Eguchi (PSC), 49 anos.


TO - Tocantins


Carmen Hannud (PCO) é psicóloga, 30 anos, mestre em ciências sociais e doutoranda em Psicologia pela Universidade Federal do Pará (UFPA). Athos Daniel Rodrigues da Silva, 21 anos, do mesmo partido, foi o escolhido para concorrer a vice-governador.

Coronel Ricardo Macedo (PMB) 57 anos, natural de Porto Nacional, é aviador da Força Aérea Brasileira (FAB). Esta é a primeira vez que concorre ao cargo de governador do estado. Esta vai ser a sua primeira disputa eleitoral. O candidato a vice é o pastor Geldes (PMB), 64 anos.

Dr. Luciano do Oswaldo Cruz (DC) O médico e profissional do Hospital Geral de Palmas (HGP), Luciano de Castro Teixeira, 47 anos, nunca ocupou cargo público. Ele já disputou os cargos de deputado estadual, prefeito e depois vice-prefeito de Palmas, deputado federal e vereador de Palmas. A vice a chapa será a administradora Luciene Mamedes, 53 anos, do mesmo partido.

Irajá (PSD) senador pelo Tocantins, preside o PSD no estado e é filho da também senadora Kátia Abreu (Progressistas). O candidato já ocupou o cargo de deputado federal por dois mandatos. Também atuou como secretário estadual de Desenvolvimento Agrário. A vice da chapa será a professora Lires Ferneda, ex-prefeita de Guaraí.

Karol Chaves (PSOL) advogada, 41 anos, Karol Chaves é paulista de Osasco. É especialista em direitos das mulheres e pessoas LGBTQIA+ e mestre em desenvolvimento regional. Atua na 1ª Secretaria de Movimentos sociais e Populares do PSOL no Tocantins. O vice da chapa é o eletricista Silvio de Sousa (PSOL), 50 anos.

Paulo Mourão (PT) 66 anos, formado em engenharia agronômica, foi deputado constituinte. Também já foi deputado federal por quatro mandatos, além de prefeito de Porto Nacional e deputado estadual. A vice da chapa será a Professora Germana (PCdoB), 42 anos.

Ronaldo Dimas (PL) 61 anos, natural da cidade de Frutal (MG), Dimas é formado em Engenharia Civil pela Universidade de Uberaba. Já foi prefeito de Araguaína (TO) por dois mandatos. Já ocupou os cargos de deputado federal. Também já esteve à frente da Federação das Indústrias do Estado do Tocantins (Fieto). O economista Freire Júnior (MDB) foi anunciado como vice.

Wanderlei Barbosa (Republicanos) 58 anos, atual governador, Barbosa tentará a reeleição. Já foi vereador de Porto Nacional (TO) e também da capital, Palmas. Já foi deputado estadual por duas vezes. Assumiu o comando do estado após renúncia de Mauro Carlesse. O vice da chapa será o ex-prefeito de Gurupi, Laurez Moreira (PDT), 65 anos.


Fonte: Agência Brasil

Comments


bottom of page