Buscar

Lideranças indígenas fazem ato contra PL de Bolsonaro que abre terras para exploração


Na manhã desta terça-feira (11), lideranças indígenas realizaram um ato na entrada do anexo 2 da Câmara dos Deputados, em Brasília, contra o projeto de lei do governo Bolsonaro que pretende legalizar a mineração e a exploração em terras indígenas.

As lideranças exigem que o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, cumpra a promessa que fez aos povos indígenas no ano passado e devolva o projeto de lei ao Executivo.

Depois do ato, as cerca de 40 lideranças dos povos Guarani Mbya, Ava Guarani, Kaingang e Xokleng, do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná foram ao plenário da Câmara, onde participam de sessão solene e aguardam por reunião com parlamentares para tratar do PL 191/2020.

Ao longo da semana, a delegação de indígenas permanece em Brasília e deve percorrer outros órgãos públicos. Além da luta contra o PL 191/2020, os povos também reivindicam a demarcação de suas terras tradicionais e pedem ao STF que garanta seus direitos originários e rejeite a tese do marco temporal.

Por Cimi

#Bolsofake #terrasindígenas