Buscar

Chico Buarque vence 31ª edição do Prêmio Camões de literatura


Chico Buarque é o 13º brasileiro a receber o Prêmio Camões (Foto: Leo Aversa/Divulgação)

O compositor e escritor Chico Buarque de Holanda foi o vencedor da 31ª edição do Prêmio Camões de Literatura. O anúncio foi feito na sede da Biblioteca Nacional, no Rio de Janeiro, pela presidente da instituição, Helena Severo, após quase duas horas de reunião do corpo de jurados. Chico vai receber 100 mil euros, uma premiação oferecida pelos ministérios da Cultura de Portugal e do Brasil.

O júri foi composto por Clara Rowland, Manuel Frias Martins (Portugal), Ana Paula Tavares (Angola), Antonio Cicero Correia Lima, Antônio Carlos Hohlfeldt (Brasil) e Nataniel Ngomane (Moçambique).

O Prêmio Camões de Literatura foi instituído em 1988 com o objetivo de consagrar um autor de língua portuguesa que, pelo conjunto da obra, tenha contribuído para o enriquecimento do patrimônio literário e cultural de nossa língua comum. A Menção Internacional foi criada pelo Protocolo Adicional ao Acordo Cultural entre os governos brasileiro e português, representados, respectivamente, pela Fundação Biblioteca Nacional, vinculada ao Ministério da Cidadania, e pela Direção Geral do Livro, dos Arquivos e das bibliotecas/Secretaria de Estado da Cultura de Portugal.

Em 2003, Chico Buarque foi um dos agraciados com a Ordem do Mérito Cultural, principal condecoração pública da área da cultura.

Confira todos os vencedores do Prêmio Camões:

1989 – Miguel Torga, Portugal 1990 – João Cabral de Melo Neto, Brasil 1991 – José Craveirinha, Moçambique 1992 – Vergílio Ferreira, Portugal 1993 – Rachel de Queiroz, Brasil 1994 – Jorge Amado, Brasil 1995 – José Saramago, Portugal 1996 – Eduardo Lourenço, Portugal 1997 – Artur Carlos M. Pestana dos Santos, o Pepetela, Angola 1998 – Antonio Cândido de Melo e Sousa, Brasil 1999 – Sophia de Mello Breyner Andresen, Portugal 2000 – Autran Dourado, Brasil 2001 – Eugênio de Andrade, Portugal 2002 – Maria Velho da Costa, Portugal 2003 – Rubem Fonseca, Brasil 2004 – Agustina Bessa-Luís, Portugal 2005 – Lygia Fagundes Telles, Brasil 2006 – José Luandino Vieira, Angola 2007 – António Lobo Antunes, Portugal 2008 – João Ubaldo Ribeiro, Brasil 2009 – Armênio Vieira, Cabo Verde 2010 – Ferreira Gullar, Brasil 2011 – Manuel António Pina, Portugal 2012 – Dalton Trevisan, Brasil 2013 – Mia Couto, Moçambique 2014 – Alberto da Costa e Silva, Brasil 2015 – Hélia Correia, Portugal 2016 – Raduan Nassar, Brasil 2017 – Manuel Alegre, Portugal 2018 – Germano Almeida, Cabo Verde 2019 – Chico Buarque, Brasil

Fundação Biblioteca Nacional Ministério da Cidadania

#ChicoBuarque