Buscar

Deputado cobra apoio às crianças vítimas de abuso sexual no Amapá


O deputado estadual Diogo Sênior (PMB) usou a tribuna durante o Grande Expediente da sessão desta quinta-feira (14) na Assembleia Legislativa do Amapá (Alap) para pedir empenho do Governo do Estado para a construção de um Centro de Apoio às Crianças Vítimas de Abusos Sexuais. Segundo o parlamentar, os casos vêm crescendo e preocupa. De acordo com dados da Polícia Técnico-Científica do Amapá (Politec), em 2016, foram registrados 366 casos, no ano seguinte o número subiu para 398 notificações. "Os índices podem ser bem maiores, porque muitos casos não são registrados na Politec pelas famílias, que encerram a ocorrência no primeiro atendimento. Estas mães têm medo de perder o suporte financeiro da família, o esposo ou padrasto", frisou o deputado. Em aparte, a deputada Telma Nery (PSDB) elogiou o tema abordado. "Este é um dos assuntos mais complicados que existe na sociedade", destacou, citando um caso em que a mãe consentia que o marido tivesse relação sexual com a enteada de 11 anos, porque dependia financeiramente do autor. De acordo com o Diogo Sênior, que por vários anos exerceu a função de conselheiro tutelar na zona norte da capital, devido ao trauma, muitas crianças não conseguem expor aos pais o que está acontecendo. "Sonhos estão sendo destruídos", comentou o parlamentar, cobrando do poder público ações que venham proteger as crianças. O deputado pede empenho do governador Waldez Góes (PDT) para tirar do papel o projeto que está na Politec para a construção do Centro de Referência Especializada em Assistência Social às Crianças, Adolescentes e suas famílias envolvidas na violência sexual intrafamiliar. "Falta apenas o governador aderir ao Termo de Ajuste de Conduta (TAC) do Governo Federal", comentou Diogo, citando que a Assembleia Legislativa e o Ministério Público do Estado estão trabalhando para que o Amapá venha aderir ao TAC. Foto: Gerson Barbosa

#Alep