Buscar

Senado aprova corte de 50% em fundo para Educação e Saúde


O projeto de lei (PLS 209/15) aprovado no Senado retirou 50% dos recursos vindo da comercialização do petróleo do pré-sal, que iriam para o Fundo Social – usado para Saúde e Educação – e redirecionou esse valor para outros dois fundos.

A decisão veio com uma manobra, pois passou como anexo do Senador Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), criando o fundo do Brasduto, que receberá 20% do Fundo Social. Os outros 30% vão para o fundo de participação de Estados e municípios.

Nesta semana a extração de Petróleo do pré-sal havia batido novo recorde – com 1,783 milhão de barris por dia – e chegou a 55,8% da produção nacional, segundo a Agência Nacional do Petróleo (ANP).

Pelo Twitter oficial, a equipe do ex-presidente Lula fez um alerta. “O dinheiro do pré-sal previsto para a Educação e Saúde está tendo sua finalidade desviada dos interesses do povo brasileiro. Abram o olho”, diz o tuíte.

Fonte: APT de notícias

#présal