Buscar

Artistas exigem posição de Rosa Weber sobre esquema de Bolsonaro


Artistas se reuniram para cobrar uma posição da presidenta do Tribunal Superior Eleitoral, ministra Rosa Weber, sobre o esquema ilegal utilizado por empresas apoiadoras de Bolsonaro que compraram pacotes de disparos em massa, via whatsapp, contra o Partido dos Trabalhadores.

Entre os os nomes que se posicionaram, estáCaetano Veloso, Sonia Braga, Zezé Polessa, Sophie Charlotte, Vladimir Brichta e Letícia Sabatella.

O grupo gravou vídeos para as redes sociais exigindo que o TSE tome medidas acerca da prática ilegal, que se trata de doação de grandes empresas para campanha, ação que foi vedada na última reforma eleitoral.

“Desde o início das eleições estamos tendo que conviver com esses crimes eleitorais, o filho do Bolsonaro mandou gravar dentro das cabines, nada acontece. Depois ficou provado que o kit gay era fake news, ficou provado, mas nada acontece. E agora esse grande escândalo do whatsapp. Senhora ministra, qual a posição do TSE? Nós estamos aguardando, nós queremos o melhor para o Brasil, nós queremos justiça”, declarou a atriz Sônia Braga em vídeo.

A denuncia do esquema veia a tona nesta quinta-feira (18), através de uma reportagem da Folha de São Paulo, em que revelou que empresas bancaram o disparo dessas mensagens em massa contendo fake news sobre o candidato à presidência, Fernando Haddad.

Fonte: Agência PT de Notícias com informações da Folha de S. Paulo

#Bolsonaro