Buscar

Amarelou? Bolsonaro diz que pode não ir a debates mesmo liberado


Jair Bolsonaro está com medo de debater projetos e ideias. O candidato do PSL sabe que não tem capacidade de governar o Brasil e que não consegue explicar qual é o seu projeto para o país, sem recorrer a propagação do ódio e o medo por meio de fake news. Por isso, ele admitiu nesta quinta-feira (11) que pode faltar a todos os debates do segundo turno das Eleições 2018, mesmo se for liberado pelos médicos.

Bolsonaro alega que a ausência seria por uma questão de “estratégia”, embora já é notória sua enorme dificuldade de dialogar politicamente. Em entrevista ao jornal O Globo, o candidato disse que “existe a possibilidade [de faltar] sim, por estratégia”.

Fernando Haddad já desafiou Bolsonaro a debater ideias e apresentar qual é seu plano de governo, uma vez que o site de campanha do candidato do PSL traz um material que pouco esclarece quais são seus planos para e economia do Brasil.

Na quarta-feira (10), em coletiva com a imprensa internacional, Haddad reafirmou seu compromisso de “fazer uma campanha propositiva e demarcar as diferenças entre projetos”. O candidato do PT enfatizou que “o futuro do Brasil está em jogo e ninguém pode ser eleito sem apresentar as suas propostas ao povo”.

Fonte: Agência PT de Notícias, com informações O Globo

#Bolsonaro