Buscar

Pesquisadores desenvolvem estudo sobre concreto permeável contra enchentes


Diminuir o impacto de enchentes e ainda reduzir o efeito de ilhas de calor em centros urbanos. Essas são algumas vantagens do concreto permeável, objeto de um trabalho de conclusão de curso de Engenharia Civil da Universidade Federal Fluminense.

A ideia é avançar no estudo sobre as propriedades desse material para atingir melhor desempenho.

De acordo com o autor do projeto, Lucas Menegatti, esse concreto tem estrutura que permite a passagem de ar e água. A principal diferença em relação ao convencional é a pouca ou nenhuma adição de areia. A mistura leva basicamente brita, cimento e água.

A pesquisa tem uma proposta sustentável, pois esse tipo de pavimentação contribui para evitar acúmulo de água na superfície do solo por drenar o líquido de forma a reabastecer lençóis freáticos. Porém, ainda é considerado um material pouco conhecido e estudado no Brasil.

O engenheiro Civil em formação Lucas Menegatti, sintetiza como é a ação do produto.

As aplicações do concreto permeável vão desde decks de piscina e calçadas a estacionamentos e ruas com tráfego menos intenso. Lucas acrescenta que o principal desafio da pesquisa é a busca pela dosagem ideal das matérias-primas a fim de obter o máximo de resistência e permeabilidade.

O concreto permeável tem a desvantagem de permitir o acúmulo de detritos que podem entupir os poros e prejudicar a propriedade drenante. Estudos apontam que nos dois primeiros anos de aplicado, esse material pode perder até 50% da capacidade de drenar a água. Daí a necessidade de manutenção preventiva, por exemplo, a vácuo ou pressão de água, o que pode restabelecer até 90% da eficiência.

Fonte: EBC/Foto: divulgação (Olhar Digital)

#concretopermeável