Buscar

Equipe da Universidade Estadual do Amazonas é campeã da IV Competição Regional Norte de Arbitragem


Foto: Divulgação

Acadêmicos de Direito da Escola Superior de Ciências Sociais da Universidade do Estado do Amazonas (ESO/UEA) conquistaram o primeiro lugar na IV Competição Regional Norte de Arbitragem, promovida pela Ordem dos Advogados do Brasil seccional Amazonas (OAB/AM). Os acadêmicos fazem parte do Núcleo de Mediação, Arbitragem e Conciliação MARBIC da UEA. A competição ocorreu entre os dias 28 e 30 de setembro, na sede da OAB.

A equipe conta com seis membros, sendo eles Lais Vasconcellos Dias e Thiago Fontenelle, alunos do 8° período do curso de direito, Hermes Lima, Aline Ribeiro, Antonio Thiago Oliveira e Stefany Coimbra Schmidt, alunos do 10° período.

Esta é a quarta edição da competição e a terceira participação da UEA. Em 2016, a equipe representante da Universidade chegou na etapa das semi-finais, logrando a 4ª posição. A equipe d conta, desde a competição regional, com o apoio dos advogados do escritório Sampaio, Ribeiro & Monteiro Advogados Associados e contará com seu apoio também na competição nacional.

Segundo os participantes, a competição é uma oportunidade única, porque mostra um ramo ainda pouco explorado no Direito e fomenta as habilidades de escrita e oratória. Além disso, os acadêmicos tem a oportunidade de conhecer grandes juristas e receber suas criticas e opiniões, que servem para desenvolver de forma ainda mais proveitosa, as habilidades profissionais dos estudantes.

O grupo também ressalta que esta é uma oportunidade de fortalecer o vínculo com grupos de Arbitragem regional e nacional, além de ser uma preparação da Competição Nacional que ocorrerá em São Paulo, no mês de outubro de 2017.

Sobre a competição

O objetivo é disseminar no meio jurídico e no meio acadêmico do curso de Direito, o instituto da Arbitragem, um método alternativo de solução de conflitos conhecido por ser mais célere e sigiloso em relação ao Poder Judiciário. A área ainda é pouco explorada na região norte, dessa forma a Competição torna-se ainda mais imprescindível para que o referido instituto alcance mais pessoas. A competição se baseia em um caso fictício onde há um conflito que será solucionado por meio de painéis arbitrais. Assim, as equipes se enfrentam de forma aleatória simulando um painel arbitral e representando as partes interessadas no caso hipotético que serve de pano de fundo para discussões jurídicas relevantes.

Sobre o MARBIC

O Núcleo de Mediação, Arbitragem e Conciliação da Universidade do Estado do Amazonas é um centro de estudos com foco na resolução extrajudicial de contendas. A partir do método clínica de aprendizado, os integrantes têm uma participação maior no processo de formação do conhecimento nas áreas de ensino, pesquisa e extensão.

Fundado em 2016, o MArbiC oferece palestras e workshops voltados principalmente à comunidade acadêmica, além de treinamento para competições de âmbito regional e nacional.

Fonte - ASCOM UEA - por Jackeline Lima/ Foto: Divulgação

#CompetiçãoRegionalNortedeArbitragem #UEA