Buscar

Gedeão critica tapa-buracos e diz que falta aplicação de plano de drenagem urbana em Manaus


O presidente da Comissão de Serviço Público da Câmara Municipal de Manaus (CMM), vereador Professor Gedeão Amorim (PMDB), foi à tribuna, nesta segunda-feira (15), questionar o serviço de “tapa-buracos” realizado pela Prefeitura de Manaus, que, segundo ele, não resolve o problema estrutural das ruas da cidade. Em menos de três meses, crateras abriram nas principais avenidas e ruas das zonas norte e leste estão com grande parte de suas vias esburacadas.

Segundo o parlamentar, é necessário adotar medidas efetivas que resolvam o problema de uma forma estrutural por meio da aplicação do Plano Diretor de Drenagem Urbana (PDDU). “Não adiante só remendar o asfalto, é necessário fazer um planejamento de obras para garantir a drenagem das principais avenidas e com isso termos obras mais duradouras. O PDDU foi elaborado para essa finalidade”, observou o vereador.

Apresentado para a população em 2015, o Plano Diretor de Drenagem Urbana prevê medidas para diminuir os problemas na drenagem, já existentes em decorrência da urbanização, bem como para prevenir ocorrência de enchentes e inundações em áreas que futuramente venham a ser urbanizadas. O projeto traça instrumentos de planejamento para os próximos 25 anos e foi desenvolvido pela Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf), por meio da empresa Concremat S.A.

De acordo com Gedeão Amorim, a realidade em Manaus é muito precária nos quesitos “saneamento básico” e “escoamento de águas pluviais”, tanto é que pesquisas, recentemente, divulgadas pela imprensa mostraram que esses problemas são os mais reclamados pela população.

“A maior parte das nossas ruas não tem o esgotamento de águas das chuvas devidamente organizado. Não têm as bacias de contenção de grande impacto. E embora a prefeitura já tenha esse projeto (PDDU), não está consolidado com os demais eixos do saneamento básico da cidade, que são o esgotamento sanitário a questão da água e dos resíduos sólidos.”, salientou Amorim.

Qualidade de vida

O vereador destacou a importância do saneamento básico para a qualidade de vida da população. “São todos aspectos muito importante para melhorarmos a qualidade de vida da cidade de Manaus. Não há desenvolvimento urbano sem que antes cuidemos do saneamento básico da cidade. Por isso vamos encaminhar motivações e demandas ao poder publico da cidade para estimular esse planejamento seja executado o mais breve possível”.

Para finalizar, Amorim salientou a importância de ações efetivas para resolução da demanda de forma e eficaz. “Manaus não pode continuar com a politica de só tapar buraco a vida inteira. Todo inverno nós temos isso e nós não vamos superar isso em absoluto. Precisamos acabar com essa cultura de remendar asfalto”, frisou.

Fonte: CCM/Foto: Tiago Corrêa - Dircom/CMM

#Gedeão