Buscar

Deputado Lourival Marques teme queda na exportação da carne bovina acreana


O deputado Lourival Marques (PT) falou durante a sessão de terça-feira (21), na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), sobre a polêmica envolvendo a carne bovina brasileira. O parlamentar disse ainda que o tema tem sido tratado de forma irresponsável por alguns setores, o que estaria causando danos à economia nacional.

Há pouco mais de uma semana, Chile, Coreia do Norte, China e União Europeia anunciaram restrições temporárias à entrada de carne brasileira em seus respectivos países. A medida se deve à operação da Polícia Federal (PF), intitulada “Carne Fraca”, que apura o envolvimento de fiscais do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento em um esquema de liberação de licenças e fiscalização irregular de frigoríficos.

Lourival Marques afirmou que a forma como a imprensa e a própria polícia têm abordado o tema está prejudicando de forma gigantesca a exportação de carne do Brasil, que enviava o produto para 150 países. Dentre as denúncias, estão a de venda de carne vencida e inserção de papelão em lotes de frango e linguiça.

“Fizeram uma bagunça irresponsável no setor do agronegócio e não pensaram no baque que isso iria causar nos pequenos produtores. No Acre, temos um abate diário de 2.265 bovinos. Destes, 90% seguem para outros estados. Ocorre que com todo esse alarde, sem que antes seja comprovado o que de fato está ocorrendo, a economia está sendo afetada e estima-se que a situação piore ainda mais, desempregando pais de família”, alertou.

O parlamentar concluiu seu discurso afirmando que acredita na excelência da carne bovina do Estado, uma vez que, de acordo com ele, o rebanho bovino acreano é engordado em pasto e não alimentado com rações que possam conter substancias nocivas à saúde humana.

Fonte: Agência Aleac - por Andressa Oliveira

#Operaçãocarnefraca