Buscar

Florence: Lava Jato é ilegal e ataca Lula, PT e conquistas sociais


A Operação Lava Jato é ilegal e política, destinada a atacar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o Partido dos Trabalhadores e principalmente as conquistas populares do último período, declarou o líder do PT na Câmara, o deputado Afonso Florence (PT-BA), durante entrevista coletiva na manhã desta sexta-feira (4), sobre ação realizada pela Polícia Federal no prédio do ex-presidente em São Bernardo do Campo (SP) e na sede do Instituto Lula.

“Caiu o manto de possível imparcialidade. Mais uma etapa da Operação Lava Jato que confirma que é uma operação política e ilegal, porque o presidente Lula já, sucessivas vezes, prestou depoimento e não há nenhuma dúvida com relação a comprovação documental de que a busca de pistas em relação ao apartamento e ao terreno são malogradas. Não existe pista, menos ainda prova. E Lula já fez depoimento e está esclarecido”,afirmou.

Lula foi alvo de mandado de busca e apreensão e de condução coercitiva na manhã desta sexta-feira.

Para Florence, no ambiente da disputa política nacional, essa operação evidencia mais uma vez “a concatenação entre a natureza política e a ação ilegal da Lava Jato, com a articulação golpista contra as conquistas populares do povo brasileiro, contra o PT e contra a imagem do presidente Lula”. “A ação política de hoje era criar esse fato, dar esse discurso para a oposição, porque o impeachment perdeu toda a densidade política, não tem densidade jurídica. Então se busca fato para sustentar uma disputa política prolongada criando crise no Brasil”, apontou.

“Há prepostos do poder público, e não só na Polícia Federal, no Judiciário também, na Procuradoria também, que têm uma atuação nitidamente articulada e a oposição se beneficia disso porque não tem lastro social ou eleitoral. Perdeu a eleição e é contra o programa de melhorias da qualidade de vida do povo e ataca o PT e a democracia através dessa atuação ilegal desses agentes públicos, que tem conotação política”, frisou.

O líder ainda afirmou que haverá vigílias por todo o País, durante todo o dia. “Me dirijo ao povo brasileiro e aos milhões de militantes dos movimentos sociais, pedindo serenidade nessa hora, a democracia vai vencer e nós vamos restituir a verdade. Não há nenhuma pista sequer de ato ilegal do presidente Lula A Lava Jato que é ilegal e tem conotação política.

Quem não está sendo sereno é quem extrapola a lei, é procurador que diz que vai indiciar sem investigar, é juiz que azara condução coercitiva depois que vários depoimentos foram prestados. Tomaremos um conjunto de iniciativas para defender a democracia, para defender o presidente Lula, para defender as conquistas do povo brasileiro”, contou Florence.

“Temos convicção que a democracia prevalecerá e essa contaminação política não prevalecerá. Os pobres do Brasil e o PT vão defender o presidente lula na sua integridade moral que está sendo atacada ilegalmente”, garantiu o líder do PT.

Florence destacou que a operação realizada nesta sexta “não tem nada a ver” com a presidenta Dilma Rousseff. “A presidenta Dilma e o seu governo diligenciam investigações isentas, o que não é o caso dessa”, completou.

Fonte e foto: Agência PT - por Luana Spinillo

#politica