Buscar

Ato em defesa de Lula também movimenta as redes sociais


Milhares de militantes utilizaram, durante o ato em defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, na manhã desta quarta-feira (17), a hashtag #PovoComLula no Twitter para mostrar apoio ao petista.

A mobilização dos internautas alcançou o primeiro lugar nos Trending Topics do Twitter no Brasil, ou seja, o assunto foi o mais comentado na rede em todo o País. Nos TTs mundial, o tema ficou em quinto lugar.

A manifestação em defesa do ex-presidente Lula aconteceu, nesta manhã, em frente ao Fórum Criminal da Barra Funda, na capital paulista. O ato foi organizado pela Frente Brasil Popular, iniciativa com mais de 60 entidades.

O intuito inicial dos organizadores era fazer o ato em solidariedade a Lula durante o depoimento do ex-presidente e de sua esposa, Marisa Letícia Lula da Silva, ao Ministério Público de São Paulo. No entanto, em decisão liminar proferida na noite desta terça-feira (16), o Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) suspendeu o depoimento, ao acatar pedido contido em representação do deputado Paulo Teixeira (PT-SP).

O parlamentar petista ingressou com a representação ainda na tarde de terça-feira. Entre as alegações de Teixeira, está a justificativa de que o promotor Cássio Conserino teria extrapolado as prerrogativas funcionais.

Deputados petistas de várias regiões do Brasil compareceram ao ato em São Paulo, para prestar solidariedade e apoio a Lula. Antes de seguirem ao Fórum da Barra Funda, os parlamentares foram ao Instituto Lula, onde foram recebidos pelo ex-presidente.

Segundo Paulo Teixeira, os deputados tinham se programado para acompanhar o depoimento de Lula “como apoio a ele e ao estado democrático de direito”. Teixeira afirmou que existem abusos no processo conduzido pelo promotor de justiça. “Tanto no pré-julgamento que fez do presidente antes de ouvi-lo, que demonstra motivação política, quanto no fato de não ter distribuído a denúncia”.

Fonte: Agência PT de Notícias - por Luana Spinillo

#politica