Buscar

Lula critica 'critério diferenciado' adotado para incriminar petistas


O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva criticou, na quarta-feira (18), a diferença de tratamento dada a ele e a outros petistas no âmbito da operação Lava Jato. “O que eu acho grave é que o mesmo critério adotado comigo não é adotado com os outros (políticos)”, disse em entrevista ao jornalista Roberto Dávila, na “GloboNews”.

Lula reclamou também do “vazamento seletivo de informações”, muitas vezes sigilosas, para a imprensa, com o objetivo de prejudicá-lo. O ex-presidente comemorou, no entanto, que tudo seja investigado, “doa a quem doer”.

“No meu governo, começou a se investigar tudo. Acho que as investigações estão fazendo com que a população sonhe que este país será mais sério. Este país está preparado para isso, doa a quem doer. Agora acho grave o vazamento seletivo de informações. Mesmo assim, avalio que o resultado final de tudo isso será benéfico para o Brasil”, declarou.

Sobre a possibilidade de ser candidato novamente em 2018, o ex-presidente disse que espera que “o Brasil evolua tanto que eu não precise voltar”.

“Só volto se alguém tiver um projeto de governança que coloque em risco tudo que fizemos nestes últimos anos”, declarou.

Fonte: Agência PT de Notícias - Foto: Ricardo Stuckert

#politicas