Buscar

Primeira olimpíada da América Latina será uma transformação para o esporte nacional, diz Virna


A jogadora Virna Dias, convocada pela primeira vez para a seleção brasileira de voleibol feminino em 1991, acredita que as Olimpíadas de 2016 serão uma transformação para o esporte nacional, com a oportunidade de ver de perto os grandes atletas mundiais nos primeiros jogos realizados na América Latina.

“Vocês não têm noção o quanto que é legal poder vivenciar uma Olimpíada de perto. Poder ver os ídolos brasileiros de perto, os atletas. Poder receber turistas do mundo inteiro, atletas do mundo inteiro. É um marco para a história do esporte no Brasil”, disse ela ao Blog do Planalto.

“Eu tive oportunidade de jogar três Olimpíadas, que já é maravilhoso. Ainda mais pelo seu País, eu acho que é o máximo. O povo brasileiro está recebendo um evento de um porte esplêndido”.

A atleta lembrou que, em um momento de crise, o esporte é uma forma de unir os povos, incentivar os jovens. “Tirar as crianças das drogas, da violência. Um evento como esse vai deixar legados muito especiais”, acrescentou.

Sobre a organização do evento, Virna disse não ter dúvidas de que vai dar tudo certo. “Tive oportunidade de viver o Pan-Americano. Obviamente que é 10% de uma Olimpíada, mas tudo funcionou perfeitamente aqui no Rio de Janeiro e não tenho dúvidas de que as coisas vão funcionar muito bem.”

Fonte: Blog do Planalto

#esporte