Buscar

Em publicação no Twitter, ex-governador do Rio Grande do Sul prestou solidariedade ao ex-presidente


Para o ex-governador do Rio Grande do Sul Tarso Genro, o ataque contra o Instituto Lula representa um ‘terrorismo de direita”. Na avaliação do petista, a agressão foi estimulada pelo massacre midiático contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

“Os fascistas se sentem legitimados”, disse, em publicação no Twitter. Instituto foi alvo de ataque com artefato explosivo na noite de quinta-feira (30).

Além disso, Genro manifestou solidariedade ao ex-presidente Lula. “Solidariedade ao Presidente Lula, como teríamos com FH se o seu Instituto fosse atacado. Isso é unidade democrática contra o ovo da serpente”, disse.

Fonte: Agência PT de Notícias

#politica