Buscar

Produtores independentes concorrem a R$ 60 milhões para produção de conteúdo


Produtores independentes de documentários, obras de ficção e de animação terão hoje (25), às 19h, na sede da Empresa Brasil de Comunicação (EBC), em Brasília, mais uma oportunidade para tirar dúvidas sobre os editais do Programa Brasil de Todas as Telas. Lançado em julho do ano passado, o programa – uma parceria entre a Agência Nacional do Cinema (Ancine) e a EBC – oferece linha de crédito de R$ 60 milhões destinada à produção de conteúdos para TVs públicas do país de cunho educativo e com foco no cidadão.

Desde que o programa foi lançado, a Ancine e a EBC já promoveram cerca de 40 encontros regionais com produtores independentes. De acordo com o superintendente regional Sudeste 11 da EBC, Marco Antonio Tavares Coelho Filho, essas reuniões servem para que os profissionais da área compreendam o formato do Programa Brasil Todas as Telas.

“Estamos fazendo um esclarecimento acerca dos editais. Porque os editais dessa linha são diferentes do que os produtores estão acostumados. O chamamento público desse programa, por exemplo, não exige contrapartida, determina o tema dos produtos. Então, eles [produtores] têm dúvidas e, por isso, organizamos essa série de encontros regionais para explicar mais especificamente os detalhes”, disse Tavares Coelho.

O Programa Brasil de Todas as Telas é financiado com recursos da linha de investimento do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA) e oferecerá cinco editais, com R$ 12 milhões para cada uma das regiões do país, com estimativa de produção de 260 horas de programação.

As inscrições para concorrer aos editais vão até 27 de abril.

Fonte: Agência Brasil

#cultura