Buscar

Exportações somam US$ 3,930 bilhões na primeira semana de março


Nos cinco primeiros dias úteis de março (1° a 8), as exportações brasileiras somaram US$ 3,930 bilhões, com média diária de US$ 786 milhões.

Pela média, o resultado é 15,3% menor que o verificado em março de 2014 (US$ 927,8 milhões).

Neste comparativo, diminuíram as vendas de produtos básicos (-28,5%), especialmente, de minério de ferro, soja em grão, carne suína, de frango e bovina, e petróleo em bruto. Entre os semimanufaturados (-0,2%), houve redução, principalmente, para óleo de soja em bruto, ouro em forma semimanufaturada, e semimanufaturados de ferro e aço.

Por outro lado, os manufaturados mantiveram-se estáveis, com aumentos em tubos de ferro fundido, laminados planos, suco de laranja e automóveis de passageiros.

Em relação à média de fevereiro deste ano (US$ 671,8 milhões), houve alta de 17% nas exportações, com crescimento nas vendas de básicos (25,4%) e manufaturados (17%), enquanto decresceram os semimanufaturados (-2,5%).

Importações

As importações, em março, chegaram a US$ 3,980 bilhões e registraram média diária de US$ 796 milhões. Com esse desempenho, houve retração de 13,6% na comparação com a média de março do ano passado (US$ 921,6 milhões).

Houve queda, principalmente, nas aquisições de adubos e fertilizantes (-43,9%), veículos automóveis e partes (-31,3%), borracha e obras (-22,5%), equipamentos mecânicos (-22,3%), e farmacêuticos (-15,8%).

Na comparação com a média de fevereiro deste ano (US$ 829,7 milhões), houve queda de 4,1% nas importações, com diminuições em adubos e fertilizantes (-35,8%), combustíveis e lubrificantes (-17,9%), plásticos e obras (-9,3%) e equipamentos mecânicos (-4,1%).

Saldo

O saldo balança comercial brasileira foi deficitário na semana em US$ 50 milhões (média diária negativa de US$ 10 milhões). A corrente de comércio alcançou US$ 7,910 bilhões (média de US$ 1,582 bilhão).

Pelo desempenho diário, houve redução da corrente de comércio de 14,5% no comparativo com março do ano passado (US$ 1,849 bilhão) e aumento de 5,4% na relação com fevereiro último (US$ 1,501 bilhão).

Ano

De janeiro à primeira semana de março deste ano (44 dias úteis), as vendas ao exterior somaram US$ 29,726 bilhões (média diária de US$ 675,6 milhões). Na comparação com a média diária do período equivalente de 2014 (US$ 768,7 milhões), as exportações retrocederam em 12,1%.

As importações foram de US$ 35,791 bilhões, com média diária de US$ 813,4 milhões. Este valor está 10% abaixo da média registrada no período correspondente de 2014 (US$ 904 milhões).

No acumulado do ano, o saldo da balança comercial está deficitário em US$ 6,065 bilhões, com resultado médio diário negativo de US$ 137,8 milhões.

No período equivalente de 2014, havia déficit de US$ 6,088 bilhões, com média diária negativa de US$ 135,3 milhões. A corrente de comércio soma, em 2014, US$ 65,517 bilhões, com desempenho diário de US$ 1,489 bilhão.

O valor é 11% menor que a média aferida no período correspondente do ano passado (US$ 1,672 bilhão). Acesse as informações da balança comercial no período.

Fonte: Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior