Buscar

Polícia prende dois suspeitos de colaborar com autor de atentado em Copenhague


A polícia prendeu dois homens supeitos de colaborar com o responsável pelos atentados do fim de semana em Copenhague, Dinamarca, quando duas pessoas morreram e cinco policiais ficaram feridos. A polícia local não divulgou o lugar e as circunstâncias das detenções.

Ontem (15), a polícia da Dinamarca divulgou informações sobre a identidade do suposto autor dos atentados. O jovem, de 22 anos, nasceu na Dinamarca e era conhecido pela polícia pelo histórico de roubos e violação das leis dinamarquesas, posse de armas e envolvimento com gangues locais. Ele foi morto por volta das 5h de domingo, após disparar contra a polícia no distrito de Norrebro, a noroeste da capital.

O atentado ocorreu durante a tarde de sábado (14) num centro cultural, durante um debate sobre a liberdade de expressão com o artista sueco Lars Vilks, que vive há anos sob proteção policial devido às ameaças de grupos islâmicos depois de desenhar Maomé como um cachorro. Uma pessoa de 55 anos morreu e três agentes ficaram feridos neste atentado.

Posteriormente, ocorreu novo tiroteio na sinagoga de Copenhague, quando morreu um jovem judeu, que fazia a proteção do edifício, e dois policiais ficaram feridos.

Agência Brasil, Com informações da Agência Lusa

#internacional