Buscar

Peixes-boi reabilitados serão soltos em ambiente natural


Seis peixes-boi amazônicos que estão em reabilitação serão devolvidos à natureza.

Os animais estão sob os cuidados da equipe do Instituto Mamirauá e de moradores de comunidades ribeirinhas, no Centro de Reabilitação de Peixe-Boi Amazônico de Base Comunitária, o Centrinho, localizado na Reserva de Desenvolvimento Sustentável Amanã, território do município de Maraã (AM).

Todos os animais chegaram ao Centrinho com poucos meses de vida, após se perderem das mães, em decorrência de acidentes como emalhes em redes de pesca ou pela caça. Esse será o terceiro evento de soltura de peixes-boi amazônicos reabilitados que o Instituto Mamirauá realiza.

A soltura acontece no Lago Arati, em frente à comunidade Vila Nova do Amanã, setor Paranã do Amanã, no domingo (11).

Durante o dia estão programadas atividades nas comunidades Vila Nova do Amanã e Boa Esperança, com participação dos moradores dessas e outras comunidades da reserva.

Os animais foram acompanhados por uma equipe formada por veterinários, oceanógrafos, educadores ambientais e técnicos, além dos comunitários, que também participam e contribuem para os cuidados.

Desde a chegada ao Centrinho, é acompanhado o estado clínico dos animais e se verifica a necessidade de cuidados especiais, no caso de ferimentos, desidratação ou doenças.

"Nossa primeira preocupação é hidratar o animal, verificar se ele está bem, avaliar o estado clínico e oferecer a alimentação. Acompanhamos com a biometria periódica, monitorando o desenvolvimento do filhote", afirma a pesquisadora Miriam Marmontel, do instituto.

Foto: Todos os animais chegaram ao Centrinho com poucos meses de vida, após se perderem das mães - Divulgação/Instituto Mamirauá

Fonte: Portal Brail, com iunformações do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação - Instituto Mamirauá / Rede Mundo

#ambiente