Buscar

Bosque da Ciência funcionará todos os dias em janeiro


O Bosque da Ciência do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa/MCTI), em Manaus, terá horário diferenciado para atender ao público nesse período de férias.

A partir dessa sexta-feira (2 ), o local funcionará todos os dias das 9h às 17h sem intervalo para almoço.

O novo horário estará em vigor todos os dias da semana até o dia 31, e, de acordo com o coordenador do Bosque da Ciência, Jorge Lobato, um dos objetivos da extensão do atendimento é de melhor receber a crescente demanda de visitantes da região e turistas devido ao período das férias.

"Considerando as férias como uma oportunidade para conhecer os mistérios e curiosidades da biodiversidade, o Bosque da Ciência é uma alternativa de lazer para quem vem passar férias em Manaus e também para aqueles que vão ficar na cidade, pois sempre tem algo novo a aprender sobre nossa região", comentou o coordenador.

Os ingressos estão à venda na portaria das 9h às 16h. O valor da entrada é R$ 5, e crianças de até 10 anos e idosos a partir de 60 anos não pagam. Visitas de grupos escolares terão entrada franca, porém é necessário realizar uma solicitação por meio de ofício pelos telefones (92) 3643-3192/3312/3293.

Atrativos

Entre as atrações do local estão o Aquário dos Peixes- Bois, onde parte deles são reabilitados para serem reintroduzidos na natureza; o Viveiro das Ariranhas; o Viveiro dos Jacarés; a Casa da Ciência, que conta com uma exposição permanente onde se encontra, entre os objetos expostos, a maior folha do mundo; a ilha da Tanimbuca, que tem um córrego onde se encontram peixes, quelônios e vegetação nativa, como a árvore da tanimbuca (Buchenavea huberii), que é um gigante de mais de 600 anos.

Há ainda o Lago Amazônico e o Paiol da Cultura, que conta com exposições e eventos regionais. Neste mês, o Paiol da Cultura está com uma exposição de artesanato das etnias indígenas Tariano e Tukano, que produzem trabalhos com cestos, sementes e penas.

Além das atrações, o visitante pode andar pelas trilhas que ficam dentro do bosque, conhecer a flora e encontrar animais como araras, bichos- preguiça, macacos, cutias, entre outros.

Foto: Arquivo Inpa

Fonte: Portal Brasil, com informações do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação / Rede Mundo

#cienciaetecnologia