Buscar

Governo financiará projetos de pesquisa que contribuam para o avanço tecnológico


Professores e pesquisadores vinculados a institutos federais de educação, ciência e tecnologia podem se candidatar a financiamento para projetos de pesquisa que contribuam para o desenvolvimento científico, tecnológico e de inovação. O prazo para inscrição vai até 23 de outubro.

A iniciativa, que envolve o Ministério da Educação, com a atuação da Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (Setec), e o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), integra a política de inovação e educação tecnológica da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica para o fomento da formação de recursos humanos qualificados. As propostas selecionadas terão 24 meses de duração. O investimento global é de R$ 40 milhões, distribuídos em parcelas em 2014, 2015 e 2016.

A Setec e o CNPq vão realizar, em 6 de outubro, das 9h às 10h30, webconferência para divulgar e orientar sobre a formulação de projetos de pesquisa aplicada dos institutos federais para a Chamada Pública nº 17, que seleciona e financia os projetos. A primeira conferência on-line foi realizada na quarta-feira, 24, com mais de 270 computadores conectados. Na ocasião foram explicados os critérios de seleção das propostas.

Para apresentar projeto, o candidato deve ter o currículo cadastrado na Plataforma Lattes, atualizado, e ser professor, pesquisador, servidor técnico, desde que vinculado a um dos 38 institutos federais presentes em todos os estados e no Distrito Federal. No caso de servidor aposentado, o profissional precisa comprovar na Plataforma Lattes que mantém atividade acadêmico-científica e apresentar declaração da instituição executora do projeto concordando com sua participação.

Fonte: MEC / Rede Mundo

#educação