Buscar

Provas da segunda fase da Obmep 2014 são aplicadas neste sábado


Mais de 900 mil alunos de 41 mil escolas de todo o país participam da etapa da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas. No mesmo dia, 13 mil professores fazem a prova de habilitação.


Estudantes de mais de 41 mil instituições de ensino de todo o país fazem, neste sábado (13), a prova da segunda fase da 10ª Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (Obmep 2014). Participam dessa etapa 907.446 estudantes, que se classificaram na primeira avaliação, realizada no dia 27 de maio. A atividade é promovida pelo Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada (Impa) e tem por objetivo incentivar o estudo da matemática e revelar talentos.


A edição 2014 da olimpíada teve 18.193.130 alunos inscritos de 46.712 escolas, localizadas em 5.533 municípios brasileiros (99,41 % do total). Diferente da primeira prova – composta de 20 questões objetivas (de múltipla escolha) e aplicada nas próprias escolas –, a segunda acontece em mais de 9 mil centros de aplicação, distribuídos em todas as unidades da federação. Desta vez, os alunos terão três horas para responder a seis questões discursivas, nas quais devem expressar de forma clara os cálculos e o raciocínio empregado.


Os estudantes selecionados para essa próxima avaliação representam 5% do total de participantes, os que obtiveram as melhores pontuações na primeira etapa. O coordenador-geral da Obmep, Cláudio Landim, explica que a ideia neste segundo momento é identificar os jovens talentos da área. Para isso, os problemas foram elaborados de forma que o aluno possa demonstrar a sua capacidade de raciocínio lógico, de abstração e criatividade. "Com isso temos sido capazes de encontrar jovens espalhados pelo Brasil que não sabiam que tinham talento para a matemática", ressalta o professor.


Dos 907.446 estudantes que se classificaram para a atual fase, 284.083 alunos são do nível 1 (6º e 7º anos do ensino fundamental); 267.298, do nível 2 (8º e 9º anos); e 356.065 mil alunos, do nível 3 (1º, 2º e 3º anos do ensino médio). Somente em São Paulo 164.159 jovens participam desta segunda etapa de prova. Minas Gerais é o segundo estado do país em número de classificados (104.706), seguido da Bahia (74.176 alunos) e do Paraná (53.939).

No Ceará, 49.190 estudantes deverão fazer a prova neste sábado, em Pernambuco (46.908), Pará (43.935), Rio de Janeiro (43.089), Rio Grande do Sul (36.939), Maranhão (34.291), Goiás (29.831), Santa Catarina (26.383), Piauí (21.929), Paraíba (20.210), Amazonas (18.950), Alagoas (18.419), Mato Grosso (17.699), Rio Grande do Norte (17.102), Espírito Santo (16.157), Mato Grosso do Sul (15.254), Distrito Federal (12.378), Tocantins (10.732), Sergipe (9.548), Rondônia (9.037), Acre (4.810), Amapá (4.137) e Roraima (3.538).


Sobre a prova

A prova será realizada às 14h30 (horário de Brasília). Pela internet, pode-se consultar a lista de classificados e os locais de provas. Todas as escolas participantes já devem ter recebido, pelo correio, os cartões de confirmação dos alunos. Os alunos devem comparecer aos locais de prova com meia hora de antecedência e levar um documento original com foto. No site da Obmep, as escolas também podem imprimir os cartões de confirmação dos alunos no espaço reservado a elas.


A correção será feita em duas etapas – a primeira, regional, por professores universitários indicados pela coordenação da olimpíada, e a segunda, nacional, por um grupo de professores supervisionado pelo comitê de provas da Obmep. No dia 1º de dezembro, serão divulgados os premiados da Obmep 2014, sendo 6.500 medalhistas (500 medalhistas de ouro, 1.500 medalhistas de prata e 4.500 medalhistas de bronze) e cerca de 46.200 ganhadores de menções honrosas.


Todos os medalhistas serão convidados a participar do Programa de Iniciação Científica (PIC 2014), que será realizado em 2015. Também serão premiados professores, escolas e secretarias de educação de municípios que se destacarem em virtude do desempenho dos alunos.


A Obmep é promovida com recursos do Ministério da Ciência e Tecnologia e Inovação (MCTI) e do Ministério da Educação (MEC), com o apoio da Sociedade Brasileira de Matemática (SBM). No site da olimpíada, alunos, pais de alunos e professores encontram materiais didáticos como bancos de questões e resolução, em vídeo, de provas de edições anteriores. Também constam ali informações sobre os programas correlacionados – PIC Jr., Picmep, Portal da Matemática, Clubes de Matemática, Obmep na Escola, Peci, Poti e Prof.


Fonte: Ascom do MCTI, com informações do Impa / Rede Mundo

#educação #cienciaetecnologia