Buscar

Thiago Silva: “Eu me entrego de corpo e alma àquilo que faço”


O capitão da Seleção Brasileira disse que é "muito emotivo" e por isso chorou antes das penalidades contra o Chile


O zagueiro Thiago Silva comentou nesta quinta-feira (3.07) a situação ocorrida antes dos pênaltis na partida contra o Chile, no Mineirão, quando chorou e pediu para não participar das cobranças. “Sou um cara muito emotivo. Se emocionar é a coisa mais normal do mundo e isso não me atrapalha em nenhum momento dentro de campo”, afirmou o capitão da Seleção Brasileira. “Eu me entrego de corpo e alma àquilo que faço. A pressão era muito forte para ganhar aquele jogo. Mas em nenhum momento meu comandante falou da minha atitude dentro de campo”, completou o zagueiro.


A Seleção Brasileira enfrenta a Colômbia nesta sexta, a partir das 17h, na Arena Castelão, em Fortaleza, em busca de uma vaga nas semifinais da Copa do Mundo. Sobre o adversário, o zagueiro Thiago Silva disse que espera um jogo aberto por causa das características ofensivas das equipes. “Vai ser um grande jogo e esperamos presentear o torcedor com gols desta vez”, afirmou o zagueiro, citando o empate em 0 x 0 na capital cearense diante do México, na primeira fase do Mundial.


O técnico Luiz Felipe Scolari afirmou que admira o futebol que a Colômbia tem apresentado, mas que o Brasil tem de ser respeitado. ”Nós temos condições de chegar (ao título) e é isso que nossos jogadores estão buscando. Vamos jogar contra a Colômbia admirando o futebol que eles jogam. E do outro lado o adversário deve estar falando a mesma coisa da gente”, disse o treinador.


Felipão disse que o confronto contra a Colômbia tem características diferentes do que foi contra o Chile. "Contra eles o jogo é aberto. Não tem guerra. Nossas guerras são contra Chile, Uruguai e Argentina. Contra a Colômbia são jogos alegres, disputados com força, mas não tem essa rivalidade toda", afirmou Scolari.

Fonte: Portal da Copa / Rede Mundo

#esporte