Buscar

José Melo reúne deputados da bancada do Amazonas para reforçar negociações para votação da PEC que p


O governador do Amazonas, José Melo, reuniu-se com parlamentares da bancada do Amazonas, na manhã desta terça-feira, na sede da Representação do Governo, em Brasília, para acompanhar o andamento das negociações em torno da votação da PEC da prorrogação da Zona Franca de Manaus (ZFM). Estavam presentes os deputados federais Átila Lins, Silas Câmara, Rebecca Garcia, Pauderney Avelino e Carlos Souza, além do secretário estadual de Fazenda, Afonso Lobo. A votação depende das negociações entre o Governo Federal e as bancadas dos Estados interessados na prorrogação por dez anos dos benefícios da Lei de Informática, que está na pauta de votação desta terça-feira, junto com a PEC da ZFM.


“O cenário é de muita luta. Estamos nos articulando desde cedo. Cada um tem feito a sua parte junto às suas bancadas. Todos estamos trabalhando nesse sentido. A PEC está pautada, ainda tem uma discussão que o Governo Federal está tratando com as lideranças dos partidos, mas a prorrogação está na pauta, esperamos que haja um entendimento em relação à Lei de Informática e seja mantido o que já está pautado para hoje. Vamos continuar lutando na esperança de que hoje vote”, disse José Melo.


Em Brasília, onde acompanhou a votação da PEC da Prorrogação da Zona Franca de Manaus até 2073, o governador do Amazonas, José Melo, ainda trata sobre a liberação de recursos provenientes de financiamentos junto a fontes internas e externas para vários programas desenvolvidos pelo Governo do Estado.


Um desses financiamentos, no valor de U$ 151,180 milhões (R$ 342,226 milhões) que estão sendo contratados junto ao Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), para o Programa de Aceleração do Desenvolvimento da Educação do Amazonas (Padeam), está sendo apreciado nesta terça-feira pela Comissão de Assuntos Econômicos do Senado (CAE).


O contrato com o BID tem contrapartida de US$ 121,826 milhões (R$ 276,118 milhões) do Estado, somando um total de US$ 273, 006 milhões (R$ 618,768) para serem investidos na construção de 12 Centros de Educação de Tempo Integral ( Ceti ); adequação de outras 20 escolas para o modelo de tempo integral, implantação de 560 receptores do Programa de Ensino Mediado por Tecnologia o que vai permitir a ampliação dessa modalidade de ensino no interior do Estado; a expansão de programas pedagógicos; a formação de gestores e aperfeiçoamento de docentes.


AGECOM/ Rede Mundo

#politica