Buscar

O Brasil está pronto para a Copa do Mundo


Durante apresentação da taça da Copa do Mundo, nesta segunda-feira (2), em Brasília, a presidenta Dilma Rousseff disse que o país está pronto para receber seleções e torcedores que vierem ao Brasil para a Copa do Mundo 2014. A presidenta destacou que obras como estádios, aeroportos e a estrutura de segurança estarão a serviço dos brasileiros e visitantes.


“Estamos, portanto, preparados para oferecer ao mundo um maravilhoso espetáculo, acrescido da alegria, do respeito e da gentileza característica do povo brasileiro. Nós sabemos que estamos prontos, os estádios estão prontos, muitos deles já foram palco dos campeonatos estaduais e do campeonato brasileiro. E os torcedores que já os conheceram sabem que são modernos, confortáveis e seguros”, analisou.


Dilma destacou que investimentos feitos para a Copa beneficiarão visitantes estrangeiros, mas sobretudo os brasileiros. Sobre os aeroportos, a presidenta falou do aumento da capacidade de passageiros nos principais terminais, especialmente os das cidades que receberão jogos da Copa, como São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Natal. Segundo Dilma, a capacidade de passageiros deve passar de 33 milhões para mais de 110 milhões de passageiros. Até 2020, a previsão é de que 200 milhões de brasileiros possam utilizar os aeroportos brasileiros. Além disso, a presidenta garantiu que brasileiros e visitantes poderão usufruir de toda a festa que será a Copa do Mundo no país.




“A estrutura de segurança que organizamos vai proporcionar a todos a tranquilidade necessária para aproveitar os jogos, as festas e os passeios para conhecer as nossas belezas’, afirmou Dilma.

Para a presidenta, as próximas semanas serão de muito trabalho, mas também de muita festa.


“Continuaremos trabalhando muito para que esta seja, de fato e de direito, a Copa das Copas. Nossa dedicação será tão grande quanto a nossa torcida”, finalizou.


Na abertura da cerimônia, o presidente da Fifa, Joseph Blatter, agradeceu Dilma e as autoridades brasileiras pelo apoio, com emoção e comprometimento, na organização do Mundial que ele também chamou de Copa das Copas. Também esteve presente no palco o capitão do pentacampeonato em 2002, Cafu, que ergueu a taça ao lado da presidenta. O ex-jogador da Seleção espera clima de festa durante a Copa.


“A Copa das Confederações foi uma grande demonstração de patriotismo, onde o povo cantou o hino nacional, onde a Seleção conseguiu conquistar o título. Fora de campo também. Estamos preparando a nossa infraestrutura, ela está ficando pronta, nos esperamos ai que possamos receber de braços abertos o povo do mundo inteiro. Estamos bastante esperançosos, há muitos anos esperamos que esse feito viesse pro nossos pais. Já que ele está aqui, agora é comemorar, se divertir bastante, e fazer realmente que possamos fazer a Copa das Copas”, afirmou Cafu.


Blog do Planato / Rede Mundo

#esporte