Buscar

Nova opção de transporte no Rio de Janeiro, BRT Transcarioca atenderá até 320 mil pessoas/dia


Neste domingo (1), os moradores do Rio de Janeiro passarão a contar com uma das principais obras de mobilidade urbana associadas à Copa do Mundo, o BRT Transcarioca, que vai ligar o Aeroporto Internacional Antônio Carlos Jobim (Galeão) à Barra da Tijuca.


A presidenta Dilma Rousseff participou, às 10h30, da inauguração do empreendimento, que recebeu investimentos de R$ 1,7 bilhão, sendo R$ 1,18 bilhão em financiamento e R$ 524 milhões em contrapartida municipal. A previsão é que 320 mil passageiros passem pelo sistema diariamente nesta primeira fase de operações do corredor de ônibus expressos.


O BRT da Transcarioca terá 39 km de extensão, 45 estações e cinco grandes terminais de integração com ônibus convencionais. Para passar por 27 bairros, foram utilizados 21 mil toneladas de aço – o equivalente ao necessário para construir 18 estátuas do Cristo Redentor.


O tempo do trajeto entre o Galeão e o Terminal Alvorada, na Barra, deve sofrer uma redução de 60%. Em ônibus convencionais, pode demorar até três horas, mas pela Transcarioca o passageiro fará o caminho entre um extremo e o outro da via em cerca de uma hora.


Início das operações


A Transcarioca entra em operação na segunda-feira (2), das 10h às 15h, com o serviço parador (por 19 estações) entre o 10 km que separam o Terminal e Estação Tanque do Terminal Alvorada (na Barra da tijuca).


Na quarta-feira (4) será implantado o trajeto semidireto entre o Aeroporto Internacional Tom Jobim, o Galeão, e o Terminal Alvorada, entre 5h e 23h. A Transcarioca faz integração com a estação de metrô Vicente de Carvalho, as estações de trem de Madureira e Olaria e a Transoeste, no Terminal Alvorada.


Blog

#mobilidade